Vice-governadora visita obras e participa de entregas na região do Caparaó

A vice-governadora, Jaqueline Moraes, cumpriu uma extensa agenda no interior do Estado com ações de visitas, entregas e inaugurações de obras realizadas por meio de convênios com o Governo do Estado

A vice-governadora do Estado, Jaqueline Moraes, cumpriu, ontem, quinta-feira (13), uma extensa agenda no interior do Estado com ações de visitas, entregas e inaugurações de obras realizadas por meio de convênios com o Governo do Estado na região do Caparaó. Em decorrência da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), os eventos presenciais respeitaram as normas de distanciamento social e uso de máscaras para prevenção à doença.

Em seus discursos, Jaqueline Moraes destacou a importância de uma gestão pública justa. “Nós estávamos com o pé no acelerador e veio essa pandemia e tivemos que nos reinventar. Não paramos o trabalho. Pelo contrário. Nosso governador fez uma gestão consciente de que as obras no Estado não poderiam parar durante esse período. O dinheiro utilizado nessa obra é dos munícipes e o governo é eleito para gerir esses recursos com responsabilidade e comprometimento”, lembrou.

O primeiro compromisso da comitiva foi na cidade de Ibatiba com a inauguração da Urbanização das Paralelas da    Rodovia da BR-262. Em Iúna, a vice-governadora participou da inauguração do Calçamento do Centro Industrial. Na sequência, Jaqueline Moraes foi à Ibitirama, onde visitou as obras de calçamento e inaugurou o Centro Municipal de Educação Infantil (CEMEI) Maria Lemos Faleiro, no bairro Santa Bárbara, que passa agora a atender até 198 crianças de zero a cinco anos. O número de vagas foi ampliado em 112, sendo 72 de creche (0 a 3 anos) e 40 de pré-escola (4 e 5 anos).

Em Divino de São Lourenço, a vice-governadora participou da entrega de uma ponte e da inauguração de uma praça. Ela também visitou as obras na rodovia que liga o município a Guaçuí. Jaqueline Moraes participou ainda da entrega do Centro de Múltiplo Uso, no distrito de Pedra Menina, em Dores do Rio Preto. O espaço vai descentralizar os serviços de assistência social, facilitando o acesso dos moradores do distrito sem a necessidade de deslocamento até a sede do município. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades), fez um aporte financeiro de R$ 240 mil na obra e o restante se deu pela contrapartida municipal.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*