VERÃO: oportunidade de ganhar dinheiro, se divertir e trabalhar

Verão gera empregos extras e gira a economia no litoral sul capixaba. A expectativa é excelente

Por Luciana Maximo & Ivny Matos

Empresários do litoral nutrem ótimas expectativas para o verão 2020. De Presidente Kennedy a Guarapari, são milhares de oportunidades, em feiras, quiosques, restaurantes, lojas, supermercados e o comércio informal que cresce muito.

De acordo com pesquisas realizadas em todo o Brasil, a expectativa dos comerciantes é de que este Natal será melhor que os anos anteriores, e aqui no litoral sul do ES não é diferente. O comércio contrata, o setor imobiliário, os serviços aumentam, e todos ganham.

A população de Piúma sai de 23 mil para 150 mil pessoas, surgem muitas contrações para atender a todos

Piúma mais de 1500 empregos

Em Piúma, o verão é sempre generoso, além de ponto de encontro de milhares de famílias mineiras e de vários estados e, o interior do Espírito Santo que baixa de “mala e cuia” na Cidade das Conchas. É claro que os jovens vem em busca de azaração. Por aqui a praia é de todos e para todos. E com tanta gente, aumentando a sua população de 23 para 150 mil, muitas oportunidades de trabalho e renda surgem em padarias, restaurantes, pizzarias, quiosques, lanchonetes, lojas, bares, distribuidores de bebidas, supermercados, salões de beleza…

A expectativa é que este fim de ano e os três primeiros meses de 2020 pelo menos1.500 pessoas sejam contratadas para trabalhar no verão. Três feiras juntas empregam mais de 450 pessoas, fora o Center Parque de Diversões Mikey, os Treinzinhos e os mais de 300 ambulantes.

Fabricio acredita que pelo menos 1.500 empregos são gerados em Piúma

De acordo com Fabrício Taylor, do setor administrativo da Prefeitura de Piúma, além das feiras, aproximadamente 10 sorveterias abriram na orla da praia e outros comércios. Embora o comércio local reclame um pouco das feiras, elas trazem divisas, comerciantes e trabalhadores que se hospedam nas pousadas e hotéis, se alimentam nos restaurantes e compram no comércio local, isso faz girar a economia, além o ICMS que é gerado. “Eles movimentam a cidade, ficam 80 a 90 dias, se hospedam, se alimentam e gastam também em farmácias, lanchonetes, bares, quiosques… Há uma barreira do comércio local em relação ao comércio eventual, realmente, mas como a demanda aumenta em Piúma, sai de uma população de 23 mil para 150 mil pessoas no verão, a gente imagina que tenha espaço para todo. Estes comércios eventuais, quer sejam ambulantes ou feiras, ajudam as famílias a tirar um dinheiro extra, além de funcionar em um horário diferenciado. O comércio funciona de dia, as feiras a noite, às vezes muitas pessoas que trabalham nas lojas em Piúma atuam nas feiras a noite para ganhar um extra”. A Prefeitura estima que 70 de toda mão de obra contratada para o verão é de Piúma.


Feira do Sol – 25 anos de Piúma

A empresária Natália Lana, sócia de Tonhão, assim mais conhecido seu pai, recebeu o Jornal na Feira do Sol e falou das novidades para esta temporada. “Vamos inaugurar a Feira dia 20 às 19h00 com uma missa, abertura do presépio, apresentação da CIA de Dança Rômulo Donatelli e muitas novidades São 25 anos, a Feira do Sol faz parte da história dos verões de Piúma”.

A Feira do Sol completa 25 anos, segundo Natália com muitas novidades

Numa feira gigantesca como a do Sol e completando bodas de Prata não pode faltar nada.

“Nós vamos comemorar os 25 anos na virada de 2020 para 2021. Nossa feira começou e janeiro de 1996. Este ano teremos muitas novidades. A missa na abertura e a chegada de papai Noel distribuindo balas e pirulitos para a criançada”, frisou Tonhão

A Feira este ano está com 108 boxes com expositores do Brasil inteiro, vai gerar em torno de 200 empregos e no espaço, desde área de alimentação, a aquário gigante. 


Fenacouro pela primeira vez em Piúma

São mil metros quadrados, a estrutura é invejável e ela veio para deixar sua marca em Piúma. A Fenacouro – feira de malhas, couros e variedades chegou também com tudo e promete gerar 200 empregos nos 95 boxes e vai sacudir as vendas no verão. Lojistas e atacadistas de vários estados do Brasil com preço de fábrica estão chegando até o dia 26.  A expectativa é muito alta, segundo Gleise Fernandes Salin que está acompanhando a montagem do espaço, que fica de frente pra praia onde o Parque se instava. “Nossa primeira vez em Piúma. Teremos todo seguimento da moda, modinha, acessórios, bolsa, artesanato, alimentação, calçados femininos e masculinos, roupa infantil, moda praia e moda fitness. Dia 20 de dezembro vamos inaugurar. Mas a inauguração oficial está marcada para dia 26 com direito a coquetel. Muitos expositores não vão conseguir chegar antes”.

Gleise destacou que a Fenacouro deve gerar em torno de 200 empregos

Gleisi afirmou que Piúma foi escolhida por ser roteiro já frequentado há anos. “Piúma tem uma energia muito especial. Encontramos este local maravilhoso. A expectativa aqui é muito boa. Acredito que teremos um retorno muito bom”  


Itaipava e Itaoca as praias são de excelência

Com praias maravilhosas, e estrutura não faltam turistas para acampar, se hospedar e curtir o verão nas paradisíacas praias de Itaoca, Itaipava, Gamboa e deserta do Martins Moreira, próxima ao Monte Aghá.

Nos balneários de Itapemirim, é mais que positiva a expectativa dos empresários, setor imobiliário e comerciantes. Jessé Eden é proprietário de um restaurante na Praia de Itaoca, , a expectativa dele é tão boa que já está preparando uma filial em Itaipava, e seu quadro de funcionários vai dobrar. Para atender a demanda dos dois estabelecimentos no verão, serão contratados14 extras, entre cozinheiras, ajudantes de cozinha e garçons. “Acho que se não chover nosso verão vai bombar, pois a nossa praia é a melhor da região, tenho até medo de faltar água e luz!” Declara otimista Jessé.

Itaipava e Itoaca o número de contratações também é grande para atender a demanda

O empresário Ronan Dias, do ramo e sorveteria de Itaipava, concorda com Jessé, ele também acha que este ano as praias de Itaoca e Itaipava estão mais bem preparadas para receber os visitantes “… A reforma da orla e do píer fez nossa praia ficar mais bonita…” admira Ronan. E para atender a essa demanda ele já contratou mais dois motoboys, duas atendentes e quatro montadoras de açaí. Ronan e seu pai começaram fabricando picolés há 13 anos. Hoje, além de sorvete e picolé, eles possuem uma açaiteria com fabricação própria, de onde chegam a fazer 3.500 entregas por mês na invernada.

Mas, esse otimismo não é uma exclusividade apenas dos empreendedores da gastronomia, Daniele Gomes Leal, proprietária de quatro lojas de roupas entre Itapemirim e Marataízes, também acredita que esse natal será bem melhor que os anteriores, e para melhor atender aos seus clientes e visitantes ela contrata pelo menos 1 funcionário para cada loja, além dos funcionários que saem dos outros setores para o atendimento. “Recebemos curriculuns durante todo o ano e por volta de outubro a gente já começa a selecionar. Como nossas lojas são na região de praia, nosso movimento de fim de ano se estende até o dia 31.”


Pousadas Itaoca e Itaipava

O otimismo segue firme entre os empresários do ramo de hotelaria, camping e pousadas de Itapemirim. Os proprietários acreditam que o verão 2020 será diferenciado e que passando a fase de chuva, a tendência é “bombar”.

O proprietário de uma pousada em Itaoca, Antenor Júnior, relata que normalmente nesta época do ano todas as vagas já estão completas: “esse ano ainda não esgotaram, mas acredito ser por conta das chuvas de dezembro, já já fecha tudo!” A pousada existe há 5 anos, recebe durante a invernada hóspedes que vem para a região à trabalho. E assim como as outras a maioria dos visitantes é de MG que quase sempre retornam. Por exemplo, dos 30 quartos disponíveis, 20 estão reservados para pessoas que já estão retornando para o terceiro réveillon.

Aliás, esta é uma particularidade do turismo das praias de Itaoca e Itaipava, o fato das pousadas receberem os mesmos grupos há anos. Alguns deles chegam a reservar pousadas inteiras de um ano para o outro. Esse é o caso de uma pousada localizada em frente à praia de Itaoca. A proprietária, Dona Aldenir de Oliveira, conta que desde que ela abriu o estabelecimento há mais de 8 anos, ela não tem o trabalho de fazer propaganda, pois os hospedes já estão garantidos. “São grupos de Belo Horizonte e Rio de Janeiro que vem todos os feriados, réveillon, carnaval e Semana Santa. Eles fecham a pousada toda!”, conta Aldenir, achando graça.


Iriri o verão garante hospedagem em todos os hotéis e pousadas

Em Iriri, a procura por hospedagem também está muito boa. De acordo com Sirlene Ferreira, proprietária de uma pousada no bucólico balneário, as vagas para o réveillon já estão esgotadas e a expectativa é boa para janeiro.

A Pousada das Acácias foi a primeira de Iriri, aberta em 1990 e tem uma característica bem familiar: “Já realizamos até casamentos aqui na pousada. Os hospedes já viraram amigos. Nós acompanhamos o crescimento dos filhos e netos uns dos outros e nos falamos ao longo do ano”. Os hóspedes são principalmente de Belo Horizonte, mas segundo a proprietária, esse perfil veio mudando nos últimos tempos e eles passaram a receber visitantes de municípios do ES. A Pousada possui sete apartamentos e a diária está saindo a R$135 o casal.

Para quem gosta e pode desfrutar de uma hospedagem com mais requinte e com vista exclusiva para o mar, Iriri também possui essa opção. De acordo com Rafael Ferrari, proprietário de um hotel de luxo, a procura este ano está ainda melhor que o ano passado e já quase não há vagas para o Réveillon e para o Carnaval. Rafael também observa a mudança no perfil dos visitantes. “Acho que os capixabas estão nos procurando mais porque Iriri conservou o aspecto bucólico. Aqui você curte um carnaval em família, com segurança. Não existe mais trio elétrico e carro de som, isso afastou um pouco a juventude”, observou o empresário. O hotel de três estrelas, possui dois elevadores, duas piscinas, sauna, restaurante, bar, recreação, entre outros confortos, com diárias que variam de $350 a R$650.00 para casal, sempre com café da manhã.

Compartilhe nas redes sociais

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*