PIÚMA: Samuel Zuqui teve a candidatura deferida

O candidato a prefeito pelo PSDB em Piúma teve candidatura deferida e concorre a eleições liderando as pesquisas de opinião de votos

Na data desta quarta-feira 15, o jornal Espírito Santo Notícias publicou uma foto do candidato a prefeito de Piúma Samuel Zuqui e também uma fotografia de uma certidão do Cartório Eleitoral que diz: “certifico e dou fé, nesta data, promovo a juntada de notícia de INEGIBILIDADE recebida nos termos dp art. 44 da Resolução TSE N. 23.609/2019, remetendo-a imediatamente ao MPE. DADO e PASSADO neste Cartório da 17ª Zona Eleitoral, Estado do Espírito Santo aos 11 dias do mês de outubro de dois mil e vinte 911/10/2020). Eu Josuelma Gomes Ribeiro Simões – Analista Judiciário, o digitei e assinei eletronicamente”.

Com base nesta certidão, a postagem foi feita na página do Jornal no Facebook e nesta dizia que era para aguardar a notícia completa.

Convém ressaltar o Ministério Público do Estado do Espírito Santo Promotoria de Justiça de Anchieta 17ª Zona Eleitoral recebeu uma denúncia de inegibilidade levada nos autos do Requerimento do Registro de candidato ao cargo de prefeito de Piúma/ES, Samuel Zuqui, a qual foi instruída com cópia de dois processos já julgados, os quais, em tese, dão ensejo à inegibilidade do candidato.

Segundo o MP, “o noticiante apresentou também certidão de objeto e pé referente aos autos do processo nº0023097-70.2014.8.0024. Por sua vez a Justiça Eleitoral providenciou a publicação do Edital nº 00013, em 28/09/2020, no Diário nº 182 do DJE/TER-ES, contendo, dentre outros, o pedido de registro de candidatura do candidato Samuel Zuqui nos termos do art. 34 da Resolução TSE 23.609/2019, iniciando o prazo de cinco dias par que qualquer cidadão apresentasse notícias de inegibilidade (art. 34§ 1º, III., da Resolução TSE 2.609/2019”.

Como não houve no prazo de cinco dias nenhuma manifestação contrária a inegilibidade, o candidato teve deferimento a sua candidatura. “Dessa forma, operou-se, em 03/10/2020 a preclusão para a apresentação de notícia de inegibilidade e para a propositura da Ação de Impugnação de Registro de Candidatura, pelo transcurso do prazo estabelecido pela citada Resolução”.

Após receber a denúncia na integra feita no Ministério Público o jornal traz a notícia que prometeu ontem. E esclarece, de fato houve a denúncia, mas o prazo para impugnação passou. Samuel Zuqui é candidato a prefeito pelo PSDB em Piúma e segue liderando as pesquisas de intenção de voto. Lidera também a rejeição.

Com quatro mandatos de prefeito e expertise na política, ele conta com o apoio do PDT, partido do prefeito afastado Ricardo Costa somando forças e lideranças políticas importantes no cenário. Tem uma chapa completa de vereadores e o coração de milhares de eleitores apaixonados por ele.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*