Publicidade

Morrem Charles e Gustavo após as motos se chocarem em Subaia/Anchieta

Gustavo estava trabalhando, ia entregar marmitas em uma madeireira em Subaia quando a sua Bros foi atingida por trás por Charles em uma moto em alta velocidade, os dois acabaram morrendo

Charles seguia para Guarapari quando teria tentado uma ultrapassagem e atingido a moto de Gustavo – Foto arquivo

O empresário Charles Wilian Nicoline Castheloge, 32 anos, residente em Piúma e o motoboy Gustavo Marchiori Mendes, 23 anos, morador de Iriri morreram vítimas de um acidente motociclísitico, na localidade de Subaia, Anchieta, no início da tarde desta terça-feira, 12.

Charles morreu no local com o impacto da colisão e Gustavo foi socorrido ao PA de Anchieta, mas não resistiu e faleceu logo após dar entrada.

Gustavo ia entregar marmitas em uma madeireira em Subaia quando foi atingido pela moto de Charles. Ele morreu no PA – Foto Arquivo

De acordo com informações da Guarda Municipal – GM de Anchieta, Charles vinha de Piúma para Guarapari em alta velocidade, em uma motocicleta Honda CBC 650 R placa RP1H32 quando teria tentado uma ultrapassagem em uma faixa dupla batendo na traseira do Bros 150 placa KOX 6227 – de Cachoeiro de Itapemirim conduzida por Gustavo. A moto teria perdido o controle e batido no poste do outro lado da pista, quebrando-o e, derrubando-o. O corpo de Charles ficou embaixo da moto dele e do poste.

Com o impacto da batida a moto de Charles derrubou um poste

O impacto da colisão, segundo a PM por trás descontrolou também a motocicleta de Gustavo que estava carregada de marmitas. O motoboy teve três fraturas expostas e foi socorrido ao Pronto Atendimento – PA de Anchieta, em estado gravíssimo, porém, não resistiu e foi a óbito.

A moto de Gustavo ficou completamente destruída

Alguns motoristas que seguiam para Anchieta e ficaram parados na Rodovia do Sol, próximo ao local do acidente contaram que Charles havia feito várias ultrapassagens até a reta de Subaia onde acabou colidindo na moto de Gustavo.

O empresário Ricardo Catheloge, pai de Charles, proprietário da Ricardo Veículos, muito abalado falou apenas que o filho saiu de Piúma para ir a Guarapari buscar um veículo para a concessionária. Ele iria parar em Anchieta e pegar um amigo e seguir, mas a viagem parou no meio do caminho com esta tragédia.

Gustavo foi socorrido em uma ambulância do SAMU ao PA, mas não resistiu

Informações de um representante do Restaurante do Português que estava no local do acidente dão conta de que Gustavo todos os dias fazia entrega de marmita na madeireira em Subaia, hoje foi o último dia deste trabalho. Gustavo ficou ao lado da pista após a sua motocicleta ser atingida pela moto de Charles.

O sargento Maurício disse que o local é proibido ultrapassagem

Frisou à Reportagem o sargento Maurício da PM, que estava no local da tragédia que, de segunda, 11 para hoje cinco ocorrências de trânsito. “Embriagues ao volante, acidente com vítima, no dia de hoje mais uma ocorrência fatal, entre duas motocicletas na Rodovia do Sol, aqui em Subaia, onde vitimou os motociclistas”, disse o sargento.

O poste quebrou e caiu em cima da moto com o impacto da colisão

Embora não tivesse a perícia ainda periciado o local do acidente, o sargento advertiu que o local é impróprio para ultrapassagem com faixa dupla sólida. “Queremos alertar os condutores para a questão da segurança no trânsito, não ingerir bebida alcoólica, evitar excesso de velocidade para que vocês possam chegar nos seus lares. Esta é uma orientação que a gente passa, muita cautela, ao pegar rodovia”, pediu.

Gustavo ia entrar para a madeireira quando teria sido atingido pela Honda de Charles

Salientou o sargento que a imprudência no trânsito é o fator principal da maioria dos acidentes. “A prioridade é a segurança, não devemos abusar na velocidade, não dar para fazer ultrapassagem, não faça, reduz a velocidade onde é necessário e não ingerir bebida alcoólica. Se for beber pede alguém consciente para fazer a condução. Além de colocar a vida em risco, coloca a vida dos outros”, afirmou.    

Equipes do Corpo de Bombeiros, do SAMU prestaram socorro a Gustavo mas ele não resistiu

Na Rodovia do Sol e a margem, pedaços das motos, as marmitas espalhadas no chão, o tênis de Gustavo, uma cena muito triste para as duas famílias e para os amigos de ambos.

O tênis de Gustavo ficou na pista com o impacto da colisão / Fotos Luciana Maximo

O corpo de Charles permaneceu embaixo da moto e do poste até a chegada da perícia. Já Gustavo morreu no PA de Anchieta.   

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade