Publicidade

Morador de condomínio em Cachoeiro/ES é preso com quase 10 milhões de reais ( “o hacker”)

Nesta quarta-feira (3), a PC prendeu no PF no Edifício Manhattan em Cachoeiro/ES, no Bairro Gilberto Machado, rua Augusto Ruschi, um homem de 32 anos, que vinha sendo investigado por invadir contas bancárias. Era considerado um hacker.

Em seu apartamento, a PF encontrou uma quantia estimada entre R$ 5 e 10 milhões em dinheiro, mas que ainda está sendo contabilizada pelos policiais.

O homem de 32 anos é considerado pela Polícia Federal um dos hackers mais atuantes do Brasil e de acordo com a PF, ele é o responsável por elaborar e manter um programa que enviava links para clientes de bancos federais, a fim de roubar dados pessoais e retirar dinheiro de contas.

Ele era investigado por 5 crimes, todos associados à essa prática (invasão de dispositivo de informática, furto e furto qualificado mediante fraude, associação criminosa e lavagem de dinheiro).

Ele não foi preso por nenhum desses delitos, mas sim porque nos endereços ligados a ele foram encontrados anabolizantes sem o registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Mais de 40 policiais federais participaram da operação desta quarta (3).

Foram cumpridos 8 mandados de prisão nas cidades de Cachoeiro, Guarapari/es e São Paulo/SP.

Todos os endereços estão ligados ao hacker.

Fonte: Olhe Agora

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *