Publicidade

Findes e Polícia Federal promovem seminário sobre ESG

Evento acontece no dia 1º de setembro, no auditório da Findes, em Vitória  

A Agenda ESG é um tema-chave na atualidade para todas as organizações e vem sendo utilizado para direcionamento de investimentos e financiamentos sustentáveis. Neste contexto, o seminário “Agenda ESG: Desafios, Segurança Jurídica, Inovação e Oportunidades” reúne representantes dos setores produtivo, governamental e terceiro setor para debater a incorporação de práticas de sustentabilidade ambiental, inclusão social e governança nas organizações.  

O evento será realizado no dia 1º de setembro, das 8h30 às 12h30, no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes), em Vitória. As inscrições para participar já foram preenchidas e encerradas. A “Agenda ESG” é uma realização da Findes em parceria com a Polícia Federal no Espírito Santo, com o apoio de Escola Nacional de Perícias, Allemand Consultoria e Advocacia Empresarial, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-ES), ES em Ação e Governo do Estado do Espírito Santo. 

O seminário terá a palestra de abertura com Paul Clements-Hunt, líder da equipe da Organização das Nações Unidas (ONU) que criou, entre os anos 2000 e 2012, o conceito de ESG (Environmental, Social and Governance).  

Estarão presentes na ocasião lideranças de diferentes setores para compartilhar boas práticas em ESG, desafios do novo ambiente regulatório e legal, bem como para compreender como a integração entre o setor público e privado pode ajudar a criar um ambiente de segurança jurídica para o desenvolvimento de negócios sustentáveis, gerando impacto positivo para as empresas e para a sociedade.   

A presidente da Findes, Cris Samorini, destaca que a Federação tem atuado para disseminar o tema ambiental e sustentável junto às indústrias e ao governo estadual, incrementando uma agenda positiva, com foco em construir planos de ação e estratégias que sirvam de modelo para as empresas.  

“Diversas indústrias no Estado já estão desenvolvendo soluções para alavancar a economia pautadas nos três pilares da pauta ESG: ambiental, social e governança. E realizar este seminário reforça nosso objetivo de estimular as indústrias a desenvolverem ações ligadas ao tema e, sobretudo, transformar os desafios da agenda da sustentabilidade em oportunidades de negócios.”  

Para o superintendente da Polícia Federal no Espírito Santo, Eugênio Ricas, as  bases e princípios que norteiam a abordagem ESG estão alinhados com os valores da instituição. A realização de evento com esse foco busca, justamente, fortalecer e ampliar as iniciativas ESG. 

“O Setor Público tem um papel essencial na criação de um ambiente de segurança jurídica em prol de uma pauta efetiva que concilie o desenvolvimento econômico e a justiça social. Na Segurança Pública, devemos liderar pelo exemplo, com uma atuação preventiva e que busque evitar as práticas de Greenwashing e Socialwashing que podem levar à prática de crimes. Ao propor este diálogo com a participação de diversos setores da sociedade, evidenciamos a nossa preocupação com os desafios do planeta e da humanidade, deixando claro o nosso compromisso com os objetivos de desenvolvimento sustentável.” 

Segundo o Principles for Responsible Investment (PRI), mais de US$ 100 trilhões estão mobilizados em torno de compromissos com essa agenda, criando oportunidades para que as empresas possam, com isso, buscar novos negócios mais resilientes que alinhem a geração de valor econômico no longo prazo e benefícios para a sociedade.  

A história do ESG  

Paul Clements-Hunt é diretor da equipe Mishcon Purpose, com mais de 30 anos de experiência, especializado em estratégia de sustentabilidade, clima e ESG para instituições corporativas, de investidores e de formulação de políticas em todo o mundo. Pela primeira vez no Espírito Santo, ele trará para o evento a palestra “ESG – A história do acrônimo que mudou o mundo dos investimentos sustentáveis”.  

Ex-funcionário da Organização das Nações Unidas (2000-2012), é creditado por cunhar o termo ESG em maio de 2004 e entregou os Princípios da ONU para o Investimento Responsável (PRI) em abril de 2006. O PRI atualmente é apoiado por mais de 4,5 mil instituições de investimento, que representam US$ 100 trilhões em ativos. Clements-Hunt foi membro do conselho fundador do PRI (2006-2012).  

O especialista aconselha clientes em uma variedade de setores com foco na maximização de oportunidades de sustentabilidade à medida que novos mercados surgem nas cadeias de valor globais. Ele ajuda a construir parcerias inovadoras e impactantes, permitindo que famílias particulares, empresas, governos, instituições multilaterais e sociedade civil colaborem efetivamente para acelerar a entrega de metas de sustentabilidade. O consultor trabalha com os maiores bancos, seguradoras e investidores do mundo para ajudá-los a enfrentar os desafios climáticos e em ESG de forma criativa.  

Após deixar a ONU, em 2012, Paul Clements-Hunt se concentrou na concepção, desenvolvimento e entrega de negócios de impacto em economias emergentes. É um palestrante muito requisitado sobre a evolução e implantação de finanças sustentáveis e investimento responsável globalmente. Sua carreira abrange funções como empreendedor, funcionário da ONU, especialista em políticas de energia e meio ambiente e na mídia.  

Programação sujeita a alterações:  

9h: Abertura 
Cris Samorini, presidente da Findes 
Eugênio Ricas, superintendente da Polícia Federal no Espírito Santo 
Marcus Felipe Botelho Pereira, diretor de Comissões OAB-ES 

Renato Casagrande, governador do Espírito Santo 

9h30: Palestra 
Paul Clements-Hunt apresenta “ESG – A história do acrônimo que mudou o mundo dos investimentos sustentáveis” 

Maria Helena Vargas, diretora regional Rede Gazeta, idealizadora do Prêmio Biguá de Sustentabilidade 

10h15: Painel Regulação e Segurança Jurídica 

Samuel Meira Brasil, desembargador do Tribunal de Justiça do Espírito Santo 
Marcus Vinicius de Carvalho, inspetor do NPLD-FTP na Superintendência Geral da Comissão de Valores Mobiliários (CMV) 
Edmar Camata, secretário de Estado de Controle e Transparência 

Giovanna Calmon, advogada, especialista em Compliance e Direito Digital 

11h: Painel Desafios e Inovações 
Felipe Rigoni, secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos 
Priscila Gama, CEO do Das Pretas.Org 
Juliana Nascimento, risk advisory senior manager da KPMG, cofundadora do Compliance Women Committee 
 

11h45: Painel Oportunidades 
João Bosco Reis, diretor de Sustentabilidade e Relações Institucionais da ArcelorMittal 
Eduarda Lacerda, gerente geral da Unidade Vitória da Petrobras 

Suzano (a confirmar)

Agenda ESG: Desafios, Segurança Jurídica, Inovação e Oportunidades 
Data: 1º de setembro, das 8h30 às 12h30 
Local: Auditório da Findes, 9º andar (Av. Nossa Sra. da Penha, 2053 – Santa Lucia, Vitória) 
Público: a feira é voltada para maiores de 16 anos e dirigida a empresários, profissionais dos setores industrial, público e terceiro setor 

Inscrições já preenchidas e encerradas   

Por Brunella França e Lorena Zanon

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *