Publicidade

FATALIDADE: morreu atropelado pelo próprio caminhão em Anchieta

Cano de descarga solta do caminhão, motorista para pra ver e acaba atropelado e morto  

A Perícia da Polícia Civil esteve no local e recolheu o corpo – Fotos/ Luciana Maximo

O motorista Rafael de Souza Alves, 37 anos, foi atropelado pelo próprio caminhão, um Muriçoca 1113 da Chevrolet, placa BLJ 6083 – Guarapari e morreu, na manhã desta terça, 24, na Rodovia do Sol, chegada de Anchieta, entrada das localidades de Arerá e São Mateus.

O caminhão foi parar do outro lado da pista quebrando o gaurd rail

O atropelamento teria sido uma fatalidade, segundo informações da Guarda Municipal- GM e da Polícia Militar -PM que relataram que, Rafael estacionou o caminhão a margem da pista e foi olhar o cano de descarga que havia se soltado.  O caminhão acabou perdendo o freio descendo e passando por cima dele que morreu no local. O caminhão atravessou a pista e arrancou o guard rail com o impacto da batida, quebrando parte da pista e caindo a margem.

Rafael parou o caminhão para olhar o cano de descarga acabou atropelado e morto

A Perícia da Polícia Civil foi acionada, esteve no local periciando o corpo e conduziu Rafael ao Departamento Médico Legal (DML) de Cachoeiro de Itapemirim onde foi realizada a autopsia e posteriormente foi liberado para sepultamento.

Segundo informações preliminares, o caminhão que prestava serviço para a ECO 101, estava sendo levado pela vítima para uma oficina para fazer manutenção, infelizmente, acabou matando o próprio motorista.

O atropelamento ocorreu na entrada de Arerá em Anchieta

Representantes da empresa contratante do caminhão que Rafael conduzia estavam no local, mas não quiserem comentar o atropelamento fatal.

O trânsito ficou parado durante o momento em que a Perícia realizava o serviço no corpo de Rafael.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade