Dois Jovens e viciados foram executados a tiros em Itaipava, ambos com mandado de prisão em aberto

Maycon Bomba e Salsichão eram procurados pela Polícia, acabaram executados a tiros, na madrugada deste domingo às margens da Rodovia do Contorno em Itaipava

O crime ocorreu na madrugada deste domingo, provavelmente

O tráfico não perdoa mesmo, quem entra já sabe, ou acaba no xilindró ou assassinado, como acabou ocorrendo na madrugada deste domingo, 27, em Itaipava, Itapemirim com os jovens Maycon Fernandes, 26 anos, vulgo Maycon Bomba e Davi Amaral de Souza, 24, vulgo Salsichão.

Maycon Fernandes, mais conhecido como Maycon Bomba

Maycon e Salsichão eram comparsas no crime, ambos eram procurados pela Polícia Civil – PC, estavam com mandado de prisão em aberto. Os dois foram executados com vários tiros, às margens da Rodovia do Contorno que liga Itaipava a BR 101.

De acordo com o delegado, chefe da Delegacia Regional de Itapemirim, Dr. Djalma Lemos, Maycon e Salsichão estavam ligados ao bando do Areal, que atua no tráfico de drogas.  “Maicon Bomba, estava com mandado de prisão em aberto e o Salsichão também estava sendo procurado, alvo de diversos mandados de busca e apreensão, mas sempre escapou, prendemos armas e drogas do grupo diversas vezes. As mortes de rivais podem ter motivado esse duplo homicídio.  O Boletim Unificado ainda não foi concluído pela Polícia Militar – PM”, afirmou o delegado.

Os dois mortos foram alvos de diversos tiros na região da cabeça, Salsichão pela posição do corpo de bruços foi atingido pelas costas, já Maycon tem diversas perfurações na região do tórax e na cabeça.

“O assassino ou assassino usaram possivelmente revólver e foram vários tiros, todos receberam disparos nas costas e peito. Foram pegos usando drogas, possivelmente, os autores do crime eram conhecidos. Aparentemente não houve reação das vítimas.  Só o laudo médico legal   indicará locais exatos dos tiros e quantas feridas de bala levaram”, frisou Dr. Djalma Lemos, chefe da PC em Itapemirim.

Os corpos foram encontrados neste local, às margens da Rodovia do Contorno

Os corpos foram localizados na manhã desde domingo no meio de um matagal entre pedras por populares. Até às 12h00 a Perícia Técnica da Polícia Civil ainda não havia chegado ao local do crime para realizar os trabalhos da perícia para trazer maiores detalhes deste crime.

Os dois jovens residiam em Itaipava. Salsichão era o líder, segundo informações extraoficiais do tráfico no Beco da Andrea Bandeira, ele deixou esposa e um filho. O trabalho que Davi e Maycon realizavam eram pequenos corres e cobranças de negócios escusos. Eles cobravam de forma grosseira. Todos os dois executados já tinham sido presos e eram velhos conhecidos da polícia. Eles tinham rixa com o bando de Joacima e eram viciados em entorpecentes. Podem ter sido atraídos para o local dos homicídios pelos algozes que os surpreenderam com a morte.   

Os dois cadáveres serão encaminhados ao Departamento Médico Legal (DML) de Cachoeiro de Itapemirim, onde serão necrospciados e liberados para sepultamento.   

As fotos dos dois jovens mortos foram retiradas para evitar constrangimento entre os familiares.  

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*