COVARDE: homem é preso em flagrante acusado e espancar e matar um cachorro em Piúma

Espancou e matou um cachorro na rua, no bairro Niterói, em Piúma, foi preso depois das imagens viralizarem nas redes sociais

Segurança, assim era conhecido o cachorro de Luanna Sant’anna, residente no bairro Niterói. Pois é, o cão era amado por todos os moradores da rua, mas esta quinta-feira, 08, Diego Souza, vulgo Feitosa que matou o cachorro depois de bater tanto.

O cachorro foi assassinado após tortura, uma maldade sem limite indignou os moradores e os internautas após virem o vídeo no Facebook.   Segurança, ficou conhecido assim, pois ele defendia como podia os moradores.

O delegado viu as imagens no facebook, pediu que identificasse o acusado e mandou buscar em casa. Prendeu em flagrante por maus tratos a animais. Para piorar a situação do meliante que matou o cão, no ato em que foi preso, estava de posse de uma carteira de agente penitenciário da Secretaria de Justiça do Espírito Santo – Sejus.

O delegado David Santana informou que está lavrando o flagrante e Marreco estará respondendo pelos crimes de uso de Sigla de Órgãos de Administração Pública e maus tratos de animais. “Vai ficar preso”, disse o delegado.

Luanna Sant’anna era a dona do cachorro. Ela está arrasada e pede justiça. “Hoje, sofrendo uma brutalidade, este homem diz ser homem, não é, porque homem de verdade não faz isso que ele fez com o meu cachorro, ele espancou o meu cachorro covardemente até a morte. Para onde iremos senhor? Que mundo é esse? Cadê o amor do ser humano, cadê o zelo pelos animais, eu quero justiça senhor, a do homem pode falhar, mas a de Deus jamais falhará”, postou Luanna.

No facebook os internautas se revoltaram com o crime. “Eu estava na varanda da minha casa quando ele começou a esquartejar o cachorro. Esse cachorro fica na minha rua, eu e estava lá e vi tudo. Ele já havia espancado este cachorro uma vez. Tanto que o nome dele era SEGURANÇA. Covarde, tem que pagar pelo que fez”, postou um internauta.

Convém ressaltar que os moradores da rua amavam o Cachorro que teve a vida brutalmente ceifada após Marreco bater tanto até matá-lo.

Compartilhe nas redes sociais

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*