Biblioteca Municipal arrecada livros para presentear crianças em vulnerabilidade social

Campanha “Doe uma história nesse Natal e mude a história de uma criança” foi lançada nesta terça (29)

Nesta terça-feira (29), Dia Nacional do Livro, a Biblioteca Pública Municipal “Major Walter dos Santos Paiva” lançou a campanha “Doe uma história nesse Natal e mude a história de uma criança”, que faz parte das comemorações do seu 75º aniversário.

O objetivo é arrecadar livros novos, que serão dados, como presente de Natal, para as crianças e adolescentes assistidas pelas unidades de acolhimento de Cachoeiro, administradas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes).

Aqueles que tiverem interesse em doar, devem procurar a Biblioteca Municipal, das 8h às 18h, até o dia 23 de dezembro.

As crianças das unidades acolhimento serão convidadas para apreciarem uma apresentação do projeto Pé de Livros, no dia 26 de dezembro, na Biblioteca Municipal, e, lá, receberão os livros arrecadados, de presente.

O subsecretário de Cultura e Turismo de Cachoeiro, Lucimar Costa, destacou, na solenidade de lançamento, realizada na Casa da Memória, que abriga a biblioteca, a importância do lançamento em datas comemorativas significativas.

“Esta é uma campanha fantástica, porque uma das funções de uma biblioteca é levar os livros à população. Convidamos as pessoas para participarem e fazerem as doações, pois o livro é um das maneiras de mudar e formar o carácter cultural de uma criança, e esses exemplares serão muito importantes para difundir, ainda mais, a literatura, na nossa cidade”, ressaltou.

Homenagens

A manhã desta terça-feira na Biblioteca Municipal também foi de homenagens. As ex-servidoras da instituição Neuza Maria dos Santos, Izabel Laurindo, Ironete Firmo Vieira, Gilce Antônia Silotti Curitiba, Leonor Maria Teixeira Garruth e Palmira Francisco Ribeiro receberam agradecimento especial, pelo tempo de trabalho na instituição.

Com mais de 30 anos de dedicação à biblioteca, Neuza Maria dos Santos destacou a satisfação de ter feito parte da história do espaço e a alegria de vê-lo bem cuidado e valorizado. “Ficamos muito felizes com essa homenagem. Foi um momento muito bacana, de valorização ao servidor público, e é muito bom quando o município reconhece esse esforço. Isso mostra um olhar humano, que se preocupa com as relações, os vínculos e a história daqueles que contribuem para que as instituições públicas permaneçam de pé, e isso é fundamental”, salientou.

Além disso, foi inaugurado na Casa da Memória o Jardim “Marly de Oliveira”, uma homenagem à poetisa cachoeirense (1935-2007), autora de mais dez obras e vencedora do Prêmio Jabuti, com o livro “O Mar de Permeio”. Esposa do poeta e membro da Academia Brasileira de Letras, João Cabral de Melo Neto, a escritora foi amiga íntima de outros grandes nomes da literatura brasileira, como Clarice Lispector e Rubem Braga. Marly de Oliveira também será homenageada na 8ª Bienal Rubem Braga, que acontecerá no próximo ano.

Outras atrações

Ainda nesta terça, às 14h, a Biblioteca Municipal promoveu uma roda de conversa com os escritores Fernando Carvalho Gomes, Regina Herkenhoff Coelho e Valquíria Volpato sobre seus livros mais recentes. Também dentro da programação, na escola Maple Bear, houve a Sessão Solene da Academia Cachoeirense de Letras, alusiva ao Dia do Livro.

A programação segue nesta quarta-feira (30), às 14h, com o Encontro de Bibliotecários com Ana Maria da Silva Bichara, sobre o tema “Biblioteca Transformadora”. A convidada, além de bibliotecária, é cientista social, diretora da Biblioteca Pública do Estado e coordenadora do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Espírito Santo.

Na quinta (31), às 14h, a agenda de comemoração será finalizada com mais uma apresentação do projeto Pé de Livros, que, desta vez, terá o acompanhamento do projeto “A Arte que Descobre Talentos e Integra a Vida”.


Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*