Publicidade

ArcelorMittal lança terceira edição do Prêmio Mulher

Vem aí a terceira edição do Prêmio Mulher ArcelorMittal. O lançamento oficial será em formato híbrido no próximo dia 26 de outubro (quinta-feira), a partir das 19 horas, no auditório do Tribunal Regional do Trabalho. A solenidade terá como convidados presenciais as ganhadoras das duas últimas edições e parceiros, e será transmitida ao vivo pelo canal no Youtube da ArcelorMittal Tubarão.

O Prêmio Mulher ArcelorMittal foi criado em 2019 com os objetivos de identificar e reconhecer mulheres, em diversas áreas de atuação, que estejam à frente de negócios ou projetos sociais transformadores e façam a diferença em suas comunidades. Também visa capacitar essas mulheres inspiradoras, reafirmando o compromisso da empresa com um mundo mais igualitário, justo e democrático.

Nesse ano, uma novidade é a ampliação da premiação para o Ceará, além do Espírito Santo e Santa Catarina, onde a ArcelorMittal possui, respectivamente, as unidades Pecém, Tubarão e Vega. A previsão é, assim, aumentar o número de participantes que, na primeira edição foi de 89 e na segunda de mais de 290, num expressivo crescimento de 333%.

Em alinhamento aos princípios e valores da Política de Diversidade & Inclusão da ArcelorMittal, poderão participar do Prêmio Mulher: mulheres, cisgêneros e transgêneros. Elas deverão ter acima de 18 anos, ser residentes nos Estados participantes e capitanear projetos privados, públicos ou do terceiro setor.

“Nossa empresa sempre se pautou pelos princípios da diversidade e inclusão, e o Prêmio Mulher é uma extensão natural desse compromisso. É uma oportunidade para celebrar o papel fundamental que as mulheres desempenham em nossa sociedade, e também uma chance de capacitá-las ainda mais para que continuem a liderar projetos transformadores”, explica o diretor de Sustentabilidade e Relações Institucionais da ArcelorMittal, João Bosco Reis da Silva.

As inscrições serão abertas na solenidade de lançamento, no dia 26 de outubro, e poderão ser feitas até 21 de janeiro de 2024, no site do prêmio https://brasil.arcelormittal.com/premiomulher. A divulgação das finalistas será em 26 de fevereiro e o evento de premiação, com apresentação das vencedoras, em 11 de maio, em horário e local a serem definidos.

O lançamento

Durante o evento de lançamento, será promovida palestra com a jornalista Cris Pelajo. Comunicadora, apresentadora e escritora com mais de 26 anos de experiência na TV, ela escreveu recentemente o livro “Uma sobe e puxa a outra: Histórias reais para impulsionar mais mulheres”. A obra traz lições e reflexões pensadas especialmente para encorajar todas as mulheres a buscarem o seu lugar no mundo, e representa um manifesto em prol da sororidade e do empoderamento feminino.

Categorias concorrentes

–           Empresas privadas com fins lucrativos:

•      Microempreendedor Individual (MEI);

•      Microempresa (ME);

•      Empresa de Pequeno Porte (EPP);

•      Média ou Grande empresa;

–           Setor Público;

–           Terceiro Setor;

–           Empregada da ArcelorMittal;

–           Imprensa (Reportagem);

–           Acadêmicas (estudantes).

Avaliação e premiação

Todas as propostas concorrentes serão avaliadas por uma Comissão Julgadora, formada representantes da sociedade com capacidade e experiência nos segmentos abrangidos pelo Prêmio Mulher e que considerará critérios como criatividade, sustentabilidade, impacto, qualidade, clareza e o potencial de transformação.

O concurso prevê duas premiações, sendo que a primeira será um treinamento com carga horário de 32 horas, a ser ministrado em conjunto, para as 63 finalistas (sendo 21 de cada Estado e três de cada categoria), na sede da ArcelorMittal do seu respectivo Estado. Todas receberão certificado de participação.

Ao final, a vencedora de cada categoria receberá um cartão-presente, a ser usado em qualquer estabelecimento, no valor de R$ 5 mil. Também será conferido um troféu, além de exclusiva medalha com a marca da Prêmio, um presente da ArcelorMittal a todas essas mulheres transformadoras da nossa sociedade.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *