Apreendidos em Goiás dois menores que mataram o cavaleiro Nito, em Piúma

Os dois menores foram apreendidos na Cidade de Ocidental, em Goiás, confessaram que mataram Nito

Equipes do 33° BPM apreenderam nesta sexta-feira (25), na Cidade Ocidental – município brasileiro do estado de Goiás, localizado no entorno do Distrito Federal, dois menores que assassinaram o cavaleiro Anilton Nascimento Aranha, mais conhecido como Nito, após uma cavalgada, na Praia da Maria Neném, em Piúma, no dia 07 de abril. Após o crime, I.F.L e M.L.N – que são irmãos – fugiram e vieram morar no Bairro Ocidental Parque.

O CASO (informações 33º BPM de Cidade Ocidental)

A equipe formada pelo Sargento F. Sousa e pelo Soldado Francisco, com o apoio do Sargento Jesus e do Soldado Martins, foi acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica e cárcere privado, onde tanto a vítima quanto o autor, I.F.L, eram menores de idade.

Ao chegar à residência, juntamente com o Conselho Tutelar, o irmão do agressor, M.LN, demostrando muito nervosismo, desobedeceu os comandos dos policiais e desacatou as guarnições, também sendo conduzido para o CIOPS de Luziânia com o irmão.

Durante o procedimento, as equipes desconfiaram do comportamento dos dois e começaram a investigar o passado deles.

Após várias diligências, foi feito contato com a Delegacia de Piúma-ES, onde foi informado que havia um mandado de busca e apreensão por ato infracional análogo a homicídio contra os dois e outro por ato infracional análogo a tentativa de latrocínio em desfavor de I.F.L.

Com a confissão dos menores à polícia de Goiás, Bruninho teve audiência na última quinta-feira, 24 e foi solto, já se encontra e casa, depois de sete meses preso.

O delegado que responde por Piúma David Santana Gomes falou por telefone ao jornal que havia solicitado a justiça um mandado de busca e apreensão para os dois menores e os mesmos estavam foragidos, entretanto, com a apreensão na Cidade Ocidental eles serão recambiados para Piúma e aqui serão tomadas as medidas cabíveis.

A Reportagem tentou falar com Bruninho, mas ele preferiu não se pronunciar.

O CRIME – Cavaleiro assassinado com um tiro no peito, na Praia da Maria Neném, em Piúma

O cavaleiro Anilton Nascimento Aranha, conhecido pelos amigos como Nito, residente da Fazenda Tataíba, na localidade chamada Maranhão, distrito de Iconha, foi assassinado com um tiro no peito, disparado por uma garrucha 22, na noite deste domingo, 07, na Praia da Maria Neném.

De acordo com o Boletim de Ocorrência – BO da Polícia Militar – Anilton faleceu no Hospital Nossa Senhora da Conceição em Piúma, após ser socorrido por populares. Ele não resistiu ao ferimento.

A Polícia Civil – PC prendeu um suspeito do crime, Bruno Luís Flávio, o Bruninho, 18 anos, residente no bairro Monte Aghá II que alegou inocência e disse que estava no lugar errado e na hora errada e que não tinha nada a ver com o assassinato. Bruninho conversou com o jornal e negou tudo.

Deste então, a Delegacia de Piúma-ES estava em busca dos menores, que foram apreendidos nesta sexta-feira pelas equipes do 33° BPM.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*