Publicidade

Alunos da pré-escola da rede municipal de Cachoeiro/ES voltam às salas de aula

Na segunda-feira (7), foi a vez das turmas de pré-escola retomarem as aulas presenciais na rede municipal de ensino de Cachoeiro.

Os alunos, que têm 4 e 5 anos (Pré-I e Pré II), foram recebidos nas escolas municipais com os protocolos de prevenção da Covid-19, como: aferição de temperatura na entrada, higienização das mãos com álcool em gel 70% e distribuição de máscara de proteção extra. Além disso, as salas de aula têm apenas 50% da capacidade ocupados, para garantir o distanciamento necessário entre estudantes.

Dos 3.679 matriculados nessas séries na rede municipal, 2.364 alunos (64%) já aderiram ao ensino híbrido, modelo adotado pela Secretaria Municipal de Educação, em que o estudante alterna uma semana com atividades presenciais com outra em casa (atividades remotas).

“Esse é um momento especial, que marca a volta dos alunos da educação infantil às salas de aula após mais de um ano da suspensão das atividades presenciais imposta pela pandemia. Esse retorno é importante para a socialização das crianças nessa fase, que agora também contam com um material didático específico e inédito para essa etapa de ensino, que entregamos em maio”, frisa a secretária municipal de Educação, Cristina Lens.   

Ensino fundamental II retorna nesta terça (8)

O retorno às atividades educacionais presenciais na rede municipal ocorre de forma gradual, em etapas e com revezamento. Antes do primeiro grupo de turmas da pré-escola, voltaram as turmas de ensino fundamental I (4º e 5º anos primeiro e 1º ao 3º ano depois).  

Com a classificação de Cachoeiro em risco moderado no 58º Mapa de Risco Covid-19 do estado, a partir desta terça (8) retornam as turmas de 6º ao 9º ano do ensino fundamental (as famílias dos alunos estão sendo comunicadas pelas escolas).

O calendário de retomada das aulas presenciais segue da seguinte forma: em 14 de junho, para as turmas de Pré-I e Pré-II (Grupo 2); em 21 de junho, para as turmas de Maternal III e IV (Grupo 1); em 30 de junho, para as turmas de maternal III e IV (Grupo 2);em 5 de julho, para as turmas de Maternal I e II (Grupo 1); e eEm 19 de julho, para as turmas de Maternal I e II (Grupo 2).

Modelo híbrido

A retomada da aulas é feita com 50% de ocupação máxima nas salas de aula, de acordo com o que determina o governo estadual. No revezamento dos alunos, os que não estiverem em aula presencial poderão acompanhar as aulas de modo remoto, por meio de atividades postadas na plataforma Google Sala de Aula, ou de material impresso, retirado na escola, para os que não possuem acesso à internet.

A adesão ao modelo híbrido não é obrigatória. Estudantes poderão continuar apenas com o ensino remoto, de acordo com a vontade de pais e responsáveis. Os planejamentos para as aulas presenciais e não presenciais são os mesmos.

Por isso, os pais e responsáveis que aceitam o modelo híbrido devem assinar termos de adesão, semanalmente. Mesmo quem não aderir inicialmente poderá fazê-lo depois, e o inverso vale para quem aderir – ou seja, poderá deixar o ensino híbrido.

“Estamos retornando às atividades pedagógicas presenciais de modo gradual, em etapas e com revezamento dos estudantes, mantendo todas as medidas de prevenção necessárias, a fim de garantir a segurança da comunidade escolar. Mesclar as formas de ensino presencial e remota tem nos permitido diversificar o processo de aprendizagem, garantindo ensino de qualidade aos nossos estudantes”, afirma a secretária Cristina Lens.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *