Publicidade

Advogada capixaba morre após carro capotar e cair em córrego em MT

Uma advogada capixaba morreu em um acidente na MT-208, na sexta-feira (9),  nas proximidades de Alta Floresta, a 800 km de Cuiabá, no Mato Grosso. Evelim Bulhões Guimarães, de 32 anos, perdeu o controle da caminhonete que dirigia e capotou.

De acordo com a Polícia Civil – PC, o veículo capotou e foi parar em um córrego. A ocorrência, inicialmente, foi atendida pela Polícia Militar – PM, que constatou a morte da vítima e acionou a perícia da Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros.

Além de advogada, membro da Comissão de Meio Ambiente da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Mato Grosso, Evelim era campeã nacional de tiro. Nas redes sociais, a OAB, o clube de tiros em que ela treinava e amigos lamentaram a morte e prestarem condolências à família.

Natural do Espírito Santo, com parentes no Estado, Evelim era casada com o pecuarista Leandro Capixaba. Ela morava em Nova Bandeirantes, cidade com pouco mais de 13 mil habitantes no Mato Grosso.

Nota de pesar do Clube do Tiro

Só compreendemos a brevidade da nossa jornada, quando tão logo um de nós se despede.
Luto , Tristeza e Pesar. Evelim será sempre lembrada com carinho por nós todos.

É com muito pesar que venho comunicar o falecimento da nossa atleta e competidora Evelin Bulhões em decorrência de um acidente automobilístico, na data de hoje.
Evelin era advogada, atiradora e entusiasta do tiro esportivo, reapresentava o Clube de Tiro e Caça B-17 com excelência, trazendo vários títulos nacionais e deixando seu legado no Tiro Esportivo feminino, encorajando outras mulheres a competirem e a adentrarem no mundo do tiro esportivo, o Clube de Tiro e Caça B-17 lamenta imensamente a perda da atleta Evelin Bulhões, e roga a Deus que dê conforto aos familiares e amigos.

Fonte: A Gazeta

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *