Boca do Inferno

Publicado em às 22:09.
Por

Na notinha da coluna Boca do Inferno desta segunda: Além de desvalorizarem as bandas, ainda queriam metade, que coisa, não aceita isso Derik, Eliana Sabino…/// Em hipótese alguma eu disse que a cantora Eliana Sabino recebeu proposta de dividir cachê, disse apenas para não aceitar, caso venham a fazer esse tipo de proposta, na verdade, eu aconselhei a todos os músicos, coloquei o nome do Derik e da Eliana, apenas por ter um carinho muito especial por ambos/// Desculpe, Eliana Sabino, se a nota dava a entender outra coisa/// Por falar em Boca do Inferno, gente, quanta gente burra que me lê, me deixa com vontade voltar a sala de aula e explicar o que é um texto de humor/// Jamais, em hipótese alguma eu faltaria com respeito a comunidade de Alto Joeba, só mesmo quem é muito tapado para ter entendido isso. Creio que fui a única jornalista no ES a receber um título na Câmara de Anchieta por evidenciar os trabalhos da ADEJO – Associação Delícias de Joeba e Associação Mulheres da Prata//// Burrice tem limite/// Fiz uma postagem às 3h00 da manhã criticando alguns quesitos do show da Simone e Simaria, rendeu mais de 50 compartilhamentos e centenas de comentários/// Que “bobiça”, cada um se veste como quer. Quer ir ao show de japona de veludo, vai, quer ir de minissaia e sem calcinha vai, ué, cada um tem seu estilo/// Qual o problema do CC, tem gente que tem, ué/// Maconha é novidade?, ai ai/// Tem gente com dente podre, tem gente que usa dentadura, tem gente fofoqueira, tem gente chifruda, tem gente caloteira, tem gente que usa paninho no lugar de absolvente, tem gente boa, tem gente limpa, tem gente suja, tem gente boa e gente má/// Gente é gente/// Gente, como me cansou os debates idiotas que se formaram no entorno da minhas postagem no meu Facebook/// Não tenho saco pra gente chata, peço por favor, as pessoas que são incapazes de compreender uma metáfora que parem de me seguir, que eu não sou novela, e nem parecida com Clara/// Outra coisa, esse negócio de pedir ajuda é comum  no meio político, em todos os meios, essa ajudinha, sabe? Não disse nada demais, dá quem quer dar, pede quem quer ganhar, é novidade isso, gente?/// É muita hipocrisia, desde sempre ouvi falar que tinha um vereador por ai pedindo uma ajudinha a Feira, ao Parque, ao treinzinho, agora estão assustados, ai ai///  Agora eu pergunto, quem não correu atrás de um vereador para dar um jeitinho em conseguir algo, um alvará, um exame, uma consulta… É muita hipocrisia, muita gente sonsa se fazendo de santa, e muita gente burra que, o que me resta é tirar um sarro/// Desculpe, gente, já deu, fui…

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*