Publicidade

Vitor de Angelo é eleito presidente do Consed para biênio 2021-2022

O Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) elegeu, na última terça-feira (10), a nova diretoria para o biênio 2021-2022. O secretário de Estado da Educação do Espírito Santo, Vitor de Angelo, foi eleito presidente da entidade e vai suceder a atual presidente, a secretária de Educação do Mato Grosso do Sul, Cecilia Motta, cujo mandato se encerra em fevereiro de 2021.

Vitor de Angelo se elegeu com um discurso de continuidade da atual gestão e contou com ampla aprovação do fórum, que chegou a divulgar, nas últimas semanas, uma carta de apoio ao seu nome, assinada por 23 secretários. De acordo com a carta, “a postura e a condução agregadora, democrática e dialogada da atual presidente têm sido fundamentais para o necessário e esperado equilíbrio de uma organização múltipla e heterogênea como o Consed”.

Ainda segundo o documento, “as conquistas e os avanços obtidos no mandato da presidente Cecilia Motta devem ser não apenas mantidas, mas ainda mais fortalecidas pelo próximo presidente, dando continuidade à gestão participativa, autônoma e equilibrada dos anos recentes, sem abrir mão das parcerias, mas se orientando, exclusivamente, pelas necessidades da educação pública”.

Após sua eleição, o secretário Vitor de Angelo agradeceu a confiança dos pares e disse estar honrado com a nova missão. Em seu plano de gestão, entre outros objetivos, ele citou o fortalecimento das frentes de trabalho do Consed e da Agenda da Aprendizagem, desenvolvida em conjunto com a Undime e parceiros da Sociedade Civil Organizada. 

“Daremos ainda uma atenção especial ao Sistema Nacional de Educação, à colaboração com os municípios e a União, e queremos nos aproximar mais das universidades, por meio da Andifes”. Angelo também propôs a criação de uma frente de trabalho especial para tratar o pós-pandemia.

Além do presidente, foram eleitos na reunião extraordinária, dessa terça-feira (10), os vice-presidentes das regiões. Cecilia Motta passará a ser a primeira vice-presidente, pela região Centro-Oeste. O secretário do Rio Grande do Norte, Getúlio Ferreira, será o segundo vice, pela região Nordeste. A secretária de Roraima, Leila Perussolo, foi eleita pela região Norte e será a terceira vice. O quarto vice será o secretário Natalino Uggioni, de Santa Catarina. Já o secretário do Rio de Janeiro, Comte Bittencourt, foi escolhido pelo fórum para ser o quinto vice-presidente, pela região Sudeste.

Na presidência do Conselho Fiscal, continuará o secretário de Educação de Sergipe, Josué Modesto. Ao seu lado, estarão os secretários de Rondônia, Suamy Vivecananda; da Bahia, Jerônimo Rodrigues; de Goiás, Fátima Gavioli; de Alagoas, Fábio Guedes; e do Piauí, Ellen Gera. A posse vai ocorrer em fevereiro do próximo ano.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade