Publicidade

VIRA LEI, remédios no Hospital e curativos em casa para pacientes acamados em Piúma

O prefeito Paulo Cola sancionou os dois projetos de Lei de suma importância para a população de Piúma

A população de Piúma terá a seu favor duas Leis de suma importância, principalmente, nos momentos mais difíceis de suas vidas: quando precisam de curativos e não podem ser deslocar de casa, o enfermeiro irá a sua residência e quando passam mal e vão para o Hospital Nossa Senhora da Conceição a noite, fins de semana e feriados e não tem como comprar o medicamento receitado pelo médico. Agora é lei, os medicamentos passam a ser dispensados no Hospital.

O prefeito de Piúma, Paulo Cola – Cidadania, sancionou nesta segunda-feira, 07, dois projetos de lei de autoria do vereador/presidente da Câmara de Piúma, José Carlos de Araújo importantíssimos para a população de Piúma. A Lei nº2.396 que autoriza o Poder Executivo a disponibilizar serviço de curativo domiciliar com objetivo de atender pacientes impossibilitados de se deslocarem de suas residências para atendimento nas unidades de Saúde. E o projeto 2.398 de 2021 que dispõe sobre a dispensação de medicamentos no Hospital Nossa Senhora da Conceição no período noturno, aos fins de semana e feriados.  “Meus dois projetos de Lei, n° 2.396 e 2.398 de 2021 foram sancionados! Estamos caminhando para uma saúde melhor com uma lei que permite a distribuição de medicamentos no Hospital Municipal durante a noite, finais de semana e feriados e também a lei que autoriza o poder executivo a disponibilizar o Serviço de Curativo Domiciliar, atendendo às diretrizes da Estratégia de Saúde da Família (ESF). Minha luta é pela saúde, e cada passo é uma vitória”!

José Carlos de Araújo que também é técnico de enfermagem, concursado em Piúma sempre esteve muito preocupado com a saúde das pessoas que procuram pelo serviço. Quando esteve diretor do Hospital organizou a instituição e conseguiu com sua equipe dispensar os medicamentos na Farmácia da unidade aos fins de semana e feriados. Porém o serviço não estava sendo realizado. “Tenho certeza que vai continuar dando certo, a partir de agora. Minha maior felicidade é quando o povo chegar lá no domingo, o médico prescrever uma medicação, e o paciente já sair de lá com este remédio em mãos. Será um grande motivo para eu poder festejar de fato”, frisou Araújo.,          

A jornalista recentemente passou mal e esteve no hospital no fim de semana, saiu de lá com uma receita nas mãos e sem poder pegar o medicamento receitado na Farmácia Básica do Município fez uma postagem nas redes sociais e o secretário de Saúde, Dr. Gustavo Meirelliys garantiu que, tão logo os medicamentos chegassem na compra que fora realizada estaria viabilizando a dispensação no hospital. Com a Lei, agora a Farmácia do Hospital passa a dispensar os remédios, mesmo que troque de diretor, secretário ou prefeito.

“Estou feliz hoje com a sansão destes dois projetos, dentro da saúde, vai atingir de ponta a necessidade do povo. Na campanha quando eu visitava os pacientes, eu me deparei com pacientes acamados, com escara e a família tendo que fazer aquele curativo me sangrava o coração. Eu sei o quão complexo é para fazer um curativo sendo um profissional, imagine para um leigo. Fico feliz pelo prefeito ter se sensibilizado e sancionado, tenho certeza de que agora, dentro das prerrogativas de fato executar, cumprindo a lei”, disse José Carlos.

Oportunamente, o vereador informou que paralelo as leis, ele está buscando emendas com deputados para conseguir um veículo para as estratégias da Saúde, pois a dificuldade dos enfermeiros realizarem os curativos é a falta de transporte na saúde. “Já estou correndo atrás dos deputados para conseguir emendas para ajudar o prefeito na aquisição destes veículos para ajudarem nos atendimentos”.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *