Publicidade

DIÁLOGO EM REDE: vice-governadora leva Agenda Mulher à escola de Marataízes

Um bate papo aberto com estudantes de Marataízes focando no empreendedorismo

Fotos Assessoria da Vice-governadoria

A vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes, participou, nesta quinta-feira (14), do encontro Diálogo em Redes, na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Domingo José Martins, em Marataízes. A ação faz parte do Programa Agenda Mulher e visa ao desenvolvimento institucional do terceiro setor.


A vice-Governadora Jacqueline Moraes conversou com estudantes do Ensino Médio, sobre o papel da escola na educação e formação cidadã dos jovens. “Existe um conceito social de desigualdade que é impregnado em nós através da fala. Nós vamos tentar desconstruir isso com ações como esta, com rodas de conversa entre homens e mulheres. Isto para que todos possam viver em uma sociedade mais igualitária”, disse.


Oportunamente Moraes frisou que é o momento de falar com a juventude. “Eu iniciei em 2019 em várias escolas, mas foi freado pela pandemia , nós todos tivemos de ir para trás de uma tela de computador , os professores se adequarem, vocês se adequarem ao novo modelo de ensino, que não é fácil. Nós no Espírito Santo somos o estado com o melhor Ideb- Índice de Avaliação da Educação Básica do Brasil. Nós precisamos continuar incentivando vocês, e para continuar nós temos um projeto chamado Diálogo em rede”.

A vice-governadora contou aos alunos um pouco da sua história e em seguida citou Paulo Freire para contextualizar a sua abordagem aos estudantes de Marataízes: “a educação não transforma o mundo. A educação muda as pessoas e a pessoas mudam o mundo. A educação mudou o rumo da minha história. Eu fico olhando hoje os camelôs que estão lá na Praça Costa Pereira em Vitória, a maioria teve os seus filhos e conseguiram pagar o estudo e eles não estão lá seguindo a mesma vida do pai. A gente sabe que nós vamos enfrentar um momento difícil da história, vocês principalmente que estão concluindo o ensino médio. Vocês vão enfrentar o momento difícil da robotização da tecnologia avançada, onde cada vez mais a mão de obra direta terá menos enfeito e nós vamos precisar de mentes empreendedoras”.

Jacqueline deu uma aula de motivação aos estudantes e explicou o que é mente empreendedora. “É ver oportunidade onde muitas vezes não tem. É olhar positivo para uma coisa que talvez seja negativa. Um dos conceitos de empreendedorismo é a capacidade de fazer acontecer com criatividade e motivação. Eu cheguei à vice-governadoria, criei um programa com foco no empreendedorismo, com foco na Agenda Mulher, levamos a Oficina Pense Grande para várias escolas do estado em 2019, que foi freado pela pandemia. É a oportunidade de olhar a sua cidade, para seu bairro e falar: o que eu posso fazer para mudar a história da minha rua, ou a história do que está me incomodando. É pegar os incômodos e transforma-los em uma pauta de trabalho para você e para o seu grupo”, pontuou.

O seu grupo pode fazer um diálogo sobre mente empreendedora, porque o mercado de trabalho vai buscar isso, assegurou a vice-governadora aos alunos. “Você pode ser o melhor profissional formado em determinada área, mas se você não buscar ter uma mente que pense além daquilo que você está aprendendo nos livros e nos cadernos, você muitas das vezes não conseguirá se sustentar no mercado de trabalho. Hoje nós estamos trabalhando muito para que a nossa juventude não deixe cair a peteca, o Espírito Santo é o primeiro estado no Ideb no Brasil. A melhor avaliação do Brasil. E por isso que nós precisamos desta coragem de vocês, do empenho de vocês, precisamos que vocês compreendam que ser estudante vai muito além de ser aluno. Aluno muitas vezes é um discípulo e estudar você vai pesquisar, você vai mais profundo, você quer mergulhar ainda mais. Eu fiz isso na minha trajetória e hoje eu estou vice-governadora que vai encerrar ano que vem, mas nós queremos deixar um legado”.  

Diálogo em Rede

   
O projeto Diálogo em Redes teve início no mês de setembro com o objetivo de estabelecer uma interação com escolas, micro e pequenos empresários, comerciantes e líderes religiosos. Organizado semanalmente pela Vice-Governadoria, o diálogo com a comunidade cria um canal permanente de aprimoramento institucional para ouvir as demandas da sociedade e aperfeiçoar a prestação dos serviços públicos, além de garantir a promoção de ações voltadas para o empreendedorismo social e produtivo.



Após a palestra Jacqueline posou para fotos com estudantes que gostaram muito da palestra com a vice-governadora.


Programa Agenda Mulher

O Agenda Mulher é um programa que objetiva gerar visibilidade para as mulheres do Espírito Santo por meio do empreendedorismo, a partir da oferta de cursos customizados, desde formações e qualificações diversificadas, até o empreendedorismo emocional, que se dá pelo processo de autoconhecimento.

“Nós trabalhamos o empreendedorismo de dentro para fora, o chamado empreendedorismo emocional. Empreender nada mais é do que a capacidade de realizar. Nós podemos pensar, sonhar e realizar, através da nossa forma de olhar a vida e olhar o mundo”, afirmou Jaqueline Moraes.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade