VERÃO VIGIADO Videomonitoramento 24 horas de olho

Em Itapemirim e Marataízes bandidos que queiram vir praticar crimes podem ser pegos em flagrante, mais de 100 câmeras estão ligadas 24 horas

Vai tentar cometer delito em outras praias, senhores bandidos, porque em Marataízes, Itaoca e Itaipava as câmeras te vigiam 24 horas e cada passo é monitorado por equipes especializadas trabalhando em sintonia com as Polícias Civil – PC, Militar, PM, Guarda Municipal, GM, Judiciário e Promotoria.

Os municípios de Itapemirim e Marataízes para reduzirem a criminalidade investindo pesado no sistema de videomonitoramento, além de promover maior integração entre os órgãos de segurança pública.

De acordo com o secretário de Defesa Social de Marataízes, Anderson Gouveia desde a inauguração do videomonitoramento houve uma diminuição no índice de criminalidade em torno de 52% no município.  “Não só por ele, mas também pela integração da Polícia da Polícia Militar, Guarda Municipal, Judiciário e promotoria”.

O município de Marataízes investiu R$ 4.500 milhões e meio na segurança do município, além das 40 câmeras existentes, outras 30 estão sendo instaladas. “Desde dezembro de 2017 nós inauguramos a primeira etapa do videomonitoramento quando foram instaladas 40 câmeras, agora estamos colocando mais 30 câmeras de videomonitoramento e 24 câmeras de captura de placa de veículos onde faremos o cinturão inteligente de segurança em todo o nosso município. Exemplo bem claro é que no dia 31 de dezembro com nossas câmeras em teste ainda, com o empenho da GM de Marataízes já foram recuperados quatro motocicletas e dois veículos que foram furtados e roubados, já foram apreendidos foragidos da justiça com mandado de prisão. Aqui em Marataízes é meio complicado para este pessoal vir para cá, é melhor ficar ou na sua casa, ou ir para outro lugar. A GM e a PM estão sempre atentas a qualquer tipo de crime de delito que possa ser cometido em nosso município”, salientou Gouveia.

Itapemirim bandidos são presos no ato

Em Itapemirim, também há um sistema de videomonitorameto, ao todo a cidade conta com 73 câmeras de segurança que funcionam 24 horas. Além das câmeras ligadas o tempo todo, existe também o Botão do Pânico. Cerca de 40 comerciantes têm um controle remoto em mãos, se um assalto acontece ele aperta e na hora, um dispositivo dentro do sistema de segurança acende e o policiamento é chamado. “Eles identificam qualquer tipo de sinistro, ou ação na cidade e acionam através do nosso rádio operador, a PM, a PC e a GM e a ação é imediata”, informou o diretor da Defesa Civil de Itapemirim, Lázaro Coutreiro.

Foi graças ao videomonitoramento que a GM e a PM prenderam na semana passada três rapazes fazendo tráfico de drogas nas pedras em Itaoca, eles foram flagrados cometendo o delito. “O que nos conforta, como secretário de Defesa Social de Itapemirim é termos disponibilizado um time de qualidade, redundado em um tripé da envergadura da nossa Guarda Civil Municipal de Itapemirim, Polícia Militar e a nossa briosa equipe de Videomonitoramento. Equipe essa que não nos deixa a desejar em quesito atenção e destreza, permanece coerente em sua atuação, visionando e dando a nossa população, permanente e visitantes, a sensação de segurança via labuta da Administração Municipal, Prefeito Thiago Lopes, na corresponsabilidade do Coronel Secretário desta Secretaria de Defesa Social, Marcos Gazzani”.

Circuito

O circuito de segurança ajuda a controlar o fluxo de pessoas que aumenta consideravelmente durante o verão. Neste ano são esperados mais de dois milhões de turistas na região. “Toda vez que temos um evento de grande porte que vem muita gente para a cidade, a gente desloca algumas câmeras e coloca-as em torno deste movimento, onde alguém possa cometer um furto de um veículo, tráfico ou uso de drogas. Os turistas podem vir se sentindo seguros para nossas praias porque em todos os locais têm câmeras que estarão vigiando a nossa cidade”, ressaltou o diretor da GM de Itapemirim.

Com relação aos outros municípios do litoral sul, a prefeitura de Presidente Kennedy informou que atua com 44 guardas municipais e que existe um projeto para implementar o circuito de segurança na cidade. Em Anchieta, a Prefeitura informou que atua com 70 guardas municipais para atuarem durante o verão, mais que tem sistema de câmeras. Em Piúma, não há guardas nem sistema de videomonitoramento, mas a Polícia Militar está em maior efetivo, inclusive com a cavalaria nas praias.  

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*