Vacinação contra a gripe é interrompida em Cachoeiro/ES

A campanha nacional de vacinação contra gripe (influenza), em Cachoeiro de Itapemirim, foi interrompida temporariamente. O motivo é a dificuldade logística de envio de novas doses pelo governo federal, em meio à crise ocasionada pela propagação do novo coronavírus. A previsão é de que novas doses cheguem ao município nos próximos dias.

Nos dois primeiros dias de campanha em Cachoeiro, cerca de 13 mil pessoas foram vacinadas nas 32 unidades básicas de saúde (UBS) e nos demais pontos de vacinação estabelecidos no município. Houve a possibilidade, inclusive, de vacinação por drive thru, em que o paciente toma a dose dentro do carro. Mais de 800 profissionais de saúde trabalharam no atendimento.

A campanha é realizada em três etapas, cujas datas estão mantidas. A primeira, iniciada nesta segunda-feira (23), abrange idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da área da saúde. A segunda etapa começará no dia 16 de abril e incluirá professores; profissionais das forças de segurança e salvamento; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e de outras condições clínicas especiais.

A terceira etapa se dará a partir do dia 9 de maio, compreendendo crianças entre 6 meses de vida e menores de 6 anos de idade; gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); indígenas; adolescentes e jovens do sistema socioeducativo; presidiários e funcionários do sistema prisional; adultos de 55 a 59 anos de idade e pessoas com deficiência.

“Infelizmente, tivemos esse contratempo com o Ministério da Saúde, mas não é necessário que as pessoas entrem em pânico. Até aqui, a campanha já é um grande sucesso e todas as pessoas que precisam serão imunizadas no devido tempo”, destaca a secretária municipal de Saúde, Luciara Botelho.

Vacinas de rotina suspensas

Por recomendação do Ministério da Saúde e da Coordenação Estadual do Programa Nacional de Imunizações (PNI), estão suspensas as vacinas de rotina até 15 de abril, em todas as unidades de saúde e na Sala de Vacinas do Centro de Saúde Paulo Pereira Gomes (PPG).

A medida se faz necessária em virtude das ações preventivas em relação ao novo coronavírus. Serão mantidos os serviços de vacinação antirrábica e dos casos de tétano acidental em ferimentos, na UPA do Marbrasa e no PPG, por se tratarem de casos de urgência.

Orientações de prevenção ao novo coronavírus:

– Lavar as mãos, frequentemente, por, pelo menos, 20 segundos com água e sabão;

– Utilizar antisséptico de mãos à base de álcool para higienização;

– Cobrir com a parte interna do cotovelo a boca e o nariz ao tossir ou espirrar;

– Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

– Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

– Não compartilhar objetos de uso pessoal;

– Limpar, regularmente, o ambiente e mantê-lo ventilado.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*