UMA NOVA MÚSICA PSICODÉLICA BRASILEIRA? DANILO FERRAZ LANÇA ÁLBUM SÁBADO NO DIA 11 DE DEZEMBRO

Trabalho autoral do multinstrumentista, que estará Disponível nas plataformas digitais e em breve em formato físico, traz vários convidados da cena musical capixaba

Experimental, o compositor e multinstrumentista Danilo Ferraz durante a pausa das atividades musicais causada pelo contexto da pandemia, reuniu músicas que nunca foram usadas por seus projetos (como sua banda Volapuque) e transformou em um álbum repleto de cores psicodélicas: Sábado (selo Mantra Records, Chinelada Records 2021). Com link já disponível em Pré-save, o trabalho estará em todas as plataformas digitais no próximo dia 11 de Dezembro, um sábado, e em breve no formato físico de CD.

Produzido por Bernardo John (Auri, Auria)  Sábado trouxe o músico cantando e gravando 10 músicas, além com a participação de vários convidados da cena capixaba: o cantor e compositor Juliano Gauche, o saxofonista Salsa Brezinski, o flautista Iago Tartaglia (da banda Gastação Infinita), o tecladista Mario Schiavini, o percussionista Zé Tom:, o baterista Douglas Helmer, o violinista argentino Martino Paz e da atriz e diretora cênica, Roberta Portela. 

Desta soma de convidados, o álbum é uma reunião de vertentes dentro do rock, não apenas o experimentalismo do som por sua banda de post-rock Volapuque (de qual é guitarrista) de outros projetos de qual já passou em 20 anos de carreira, como  bandas anteriores como  a antiga Valvulla.

“Diferente do pós-punk do Volapuque, são muitas as influências presentes no disco: música brasileira – principalmente o som do Clube da Esquina, a psicodelia dos anos 60, entre outros tons, mas o que mais existe presente é a adição dos sons que os convidados somaram. Isso é bacana – são tantas cores fantásticas vindas de tanta gente. Talvez algo que soe a nova música psicodélica brasileira”, destaca Danilo.

videoclipe de Rua Sete

Radicado no Espírito Santo há mais de 30 anos, o músico carioca promete também para o mês de novembro, o lançamento de “Rua Sete”, música de trabalho do álbum e que homenageia a famosa rua do Centro de Vitória, ponto de encontro de tantas noites de fim de semana do compositor. “É uma homenagem ao local do qual passei vários sábados e que não frequentei mais devido a pandemia. Foram vários sábados que  me inspiraram a compor. O disco é uma sinfonia de bolso no sentido de reunir pequenos temas em uma unidade. Quem for ouvir, há de quem se identificar”, pontua o músico.

Serviço:

Álbum Sábado

Artista: Danilo Ferraz

10 Faixas:

Gravadora: Selo Mantra/Chinelada Records.

Onde: disponível  em todas as plataformas digitais, a partir do 11 de dezembro, sábado.

Faça o pré-Save AQUI

instagram: @daniloferraz.oficial

linktr.ee/daniloferraz.oficial

contato: daniloferraz.net@gmail.com

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade