Publicidade

Trecho da BR-262 entre Cariacica e Viana/ES ganha nome do ex-deputado Aloízio Santos

 O trecho da BR-262 entre os quilômetros 7,2, em Cariacica, e 20, em Viana, passa oficialmente a se chamar Rodovia Deputado Aloízio Santos. A lei 14.153 de 2021, que entrou em vigor na terça-feira (25) com a publicação no Diário Oficial da União (DOU), é resultado de iniciativa (PL 2425/2007) apresentada em 2007, na Câmara dos Deputados, pela então deputada e hoje senadora Rose de Freitas (MDB-ES).

A finalidade, defendeu a parlamentar ao apresentar o projeto há 14 anos, é “prestar justa homenagem ao ex-Deputado Federal do ES Aloízio Santos – falecido na madrugada do dia 6 de novembro de 2007 – por sua atuação como representante dos capixabas na Câmara”. O homenageado é pai do deputado estadual Marcelo Santos (MDB).

Rose lembra que Aloízio travou longa batalha pela duplicação da rodovia, o que legitima a nova lei. “Sua história parlamentar de incansável atuação em prol do desenvolvimento do Estado do Espírito Santo e da defesa dos interesses do povo brasileiro teve como um dos marcos de referência os esforços por ele despendidos com vistas à duplicação da BR-262, no trecho compreendido entre os municípios de Cariacica e Viana”, afirma.

Rose pontuou ainda que, “além do número de vidas preservadas, em um trecho que antes da duplicação era conhecido como “Rodovia da Morte”, a medida não só transformou essa pecha em coisa do passado, como também foi e continua sendo de alto significado para o desenvolvimento econômico do Estado, facilitando o trânsito de produtos e incrementando o fluxo de turistas”.

Histórico – Cariaciquense apaixonado, como se autodenominava, Aloízio Santos nasceu em 11 de outubro de 1940, em Brejo Grande, no Estado de Sergipe. Formado em Direito, começou sua vida pública em 1972 como vice-prefeito de Cariacica-ES, mais tarde sendo eleito chefe do Executivo do mesmo município por duas vezes.

Ocupou também, por três vezes, o cargo de Deputado Federal. Exerceu ainda o cargo de Presidente da Companhia de Habitação e Urbanização do Espírito Santo e da Superintendência Nacional de Abastecimento, e exercia, até seu falecimento, o cargo de diretor-presidente das Centrais de Abastecimento do Espírito Santo S/A.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *