Seminário de Ilustração: autora vinda da Bélgica garante que livros brasileiros estão no patamar internacional

Isa Colli discutiu tendências do mercado editorial e processo de criação literária

A autora capixaba Isa Colli participou, neste sábado (30/09), do Seminário Internacional de Ilustração e Narrativas Visuais, no Centro Cultural Sesc Gloria, em Vitória. O encontro debateu as novas tendências no mercado editorial, apresentou ao público exposições sobre o tema da Ilustração e muitas oficinas. Isa participou da mesa redonda “Os desafios do livro ilustrado: das ideias iniciais à impressão”, com a ilustradora Victoria Pianca e a professora de Letras da Universidade Federal do Espírito Santo, Andréia Delmaschio. 
Isa, que mora atualmente na Bélgica, contou sua experiência na literatura, desde que lançou seu primeiro livro, há oito anos, até montar sua própria editora, a Colli Books, na contramão da crise econômica que provocou o fechamento de muitas livrarias e editoras. Trabalhando com literatura paradidática no Brasil e no exterior, Isa garante que a produção brasileira tem competitividade. “Eu conheço de perto a educação em várias partes do mundo. Posso dizer que o material produzido aqui não deve nada a outros países”, destaca. 
O idealizador do seminário, Luciano Feijão, quis saber qual o critério para a seleção dos escritores e ilustradores da editora. “Na escolha dos autores, além da criatividade e talento, o texto precisa ter o nosso perfil, que leva em conta os Objetivos do Milênio da ONU, a preocupação com valores e com a cidadania. Também observamos se os textos seguem critérios técnicos, como as diretrizes da BNCC (Base Nacional Comum Curricular), já que nossos livros são usados por escolas”, afirma Isa Colli. 
Quanto aos ilustradores, a escritora diz que leva em conta o portfólio e o perfil do ilustrador. “O profissional é livre para criar, mas tem que estar aberto ao diálogo e ouvir as orientações dos editores. Alguns ilustradores não aceitam sugestões ou críticas e isso acaba atrapalhando o resultado final. Nós primamos pela trabalho em equipe”, acrescenta. 
Isa mostrou ao público detalhes do processo de criação dos livros “O Aniversário de Margarida”, ilustrado por Rayan Casagrande, e “O Rio Grinalda”, com desenhos assinados por Ramon Wadry. Os dois também participaram de oficinas. “O evento foi muito enriquecedor, uma ótima oportunidade para a troca de ideias. Pude conhecer um pouco mais como o ilustrador trabalha e pensa o material antes de apresentá-lo à equipe da editora. Foi excelente”, concluiu.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*