Publicidade

Samarco participa com dois novos desafios da terceira edição do Findeslab

A Samarco participa, com dois novos desafios, da terceira edição do Programa de Empreendedorismo Industrial, promovido pelo Findeslab – hub de inovação da indústria capixaba, lançada este mês.    

Nesta edição, a Samarco busca soluções inovadoras para desafios identificados pela equipe de operações portuárias: Gestão dos dados operacionais portuários e Manutenção mecanizada da proteção anticorrosiva das estacas do píer.    

O gerente de Desenvolvimento do Negócio e Inovação, Bruno Pimentel, destacou a importância da inovação aberta nas empresas, que buscam se conectar com startups e outros atores do ecossistema de inovação para a troca de ideias, informações e desenvolvimento de projetos. 

“Nós temos a inovação como um dos nossos traços culturais. Por isso, o nosso time vem acelerando os projetos de inovação aberta junto com o ecossistema de inovação capixaba. Os resultados desta parceria são muito promissores e esperamos multiplicá-los nos próximos anos”, falou. 

Para o coordenador de Processo do Porto, Fernando Artilha, a parceria entre Findeslab e Samarco é fundamental para fomentar a inovação sustentável. “Esta é a segunda vez que participamos como empresa parceira do programa, e dá muita motivação buscar soluções diferentes para atividades que são executadas da mesma forma há muito tempo e que têm potencial de ganhos de produtividade, saúde, segurança e meio ambiente”, comentou. 

O Programa de Empreendedorismo Industrial é uma iniciativa conjunta da Findes e do Senai, com o objetivo de promover a inovação aberta e o empreendedorismo industrial, conectando o desafio de grandes empresas a soluções inovadoras propostas por startups.    

Samarco no Findeslab   

Desafio 1 – Gestão dos dados operacionais portuários    

O desafio tem o objetivo de provocar as startups a pensarem em uma solução sistêmica para a comunicação com agências marítimas, armadores e clientes. Além disso, esse sistema organizará o modelo para o cálculo da aferição da carga pela arqueação nos processos de embarque e desembarque, visando a assertividade dos dados, a otimização das tarefas operacionais e a automatização do fluxo da informação, características fundamentais para o processo. ​​​​​​​   

Desafio 2 – Manutenção mecanizada da proteção anticorrosiva das estacas do píer    

O objetivo é provocar as startups a pensarem em soluções que reduzam ou eliminem a necessidade de mergulho para executar manutenção das estacas metálicas do píer e, também, reduzam a necessidade de pintura manual destas estruturas.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade