Publicidade

Roda de conversa sobre Suicídio pode se tornar objeto de estudo nas escolas, após o debate

A Roda de Conversa estará sendo transmitida pelo canal do Youtube do Jostal Espírito Santo Notícias, também pelo Portal Notícias 24 horas e também pelo Site do Espírito Santo Notícias

A jornalista Luciana Maximo está convidando os secretários de Educação dos municípios da Região Sul para participarem da Roda de Conversa sobre “Suicídio”, cujo tema é proposto pela Associação Brasileira de Psiquiatria, ABP “Agir para Salvar Vidas”.

A Roda de Conversa está marcada para ocorrer na próxima sexta-feira, 24, na Câmara Municipal de Piúma, às 10h00. A ação que o jornal Espírito Santo Notícias promove abrange a Campanha Nacional Setembro Amarelo, proposta pela ABP, tem como público alvo os adolescentes e jovens.

Como a pandemia do novo Coronavírus ainda permanece, não será possível usar todas as cadeiras da Câmara de Piúma, as que foram liberadas para a Roda de Conversa já estão agendadas para os alunos da professora de Língua Portuguesa, Fabiani Taylor, da Escola Estadual Professora “Filomena Quitiba” Piúma. Mas, a jornalista Luciana Maximo pretende alcançar um número maior de estudantes, para isso, a roda de conversa será transmitida ao vivo pelo canal do jornal, no Youtube do jornal e também através do site www.espiritosantonoticias.com.br.

A ideia é chegar às casas, às escolas, é ir ao encontro do jovem, do adolescente, da dona de casa, a todos que estiverem sofrendo com algum transtorno.

“Já temos confirmadas escolas de Iconha, de Presidente Kennedy, de Piúma e de Anchieta. Aguardamos a confirmação da Secretaria de Educação de Itapemirim, Marataízes e Cachoeiro de Itapemirim. Caso outros municípios queiram participar da Roda de Conversa, online, ficaremos muito gratos. Queremos abrir o debate com este público’, explica Luciana.

Os jovens poderão enviar perguntas aos convidados, mas estas serão remetidas posteriormente para que os profissionais possam responder e assim fomentar uma intervenção.

“As escolas que estão funcionando por escala podem solicitar aos alunos que assistam a transmissão de casa e podem sugerir uma atividade relacionada ao tema, desde uma produção de um texto dissertativo, informativo, publicitário como por exemplo a criação de uma arte para um post nas redes sociais. Os alunos adoram criar, inventar, e eles podem ampliar a campanha Setembro Amarelo “Agir salva Vidas” e ajudar a salvar vidas. Este é nosso intuito, abrir o debate de um tema tabu e dialogar com a escola, com a família. O Jornal não deve apenas noticiar fatos trágicos, pode propor ações e promover intervenções. Queremos, mais que noticiar, promover pensamentos críticos e contribuir com a sociedade”, ressaltou Luciana Maximo que é também professora de Língua Portuguesa.

A jornalista acredita que, se o professor sugerir uns pontinhos de participação na produção de uma notícia sobre a Roda de Conversa, um editorial, um artigo de opinião, uma peça teatral ou quem sabe, um cartaz, um folder, um flyer, ou um post para o storys do instagram; os alunos estarão, além de se envolvendo com a temática e gerando conhecimentos como também sendo valorizados com pontinhos. “Já fico grata com a sensibilidade dos professores que toparam postar a nossa proposta nos storys e todos que estão participando deste evento. Gente, agir salva vidas”.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade