Professora Cilda, mãe de Marquinhos, ex-prefeito de Anchieta morre

Dona Cilda estava internada há oito dias tratando uma pneumonia, na manhã desta quinta-feira, 21 ela morreu na UTI do Hospital e Maternidade de Vila Velha

Hermansilda Doelinger Assad foi casada com seu Ahide durante 60 anos, hoje ela se despede dele e dos quatro filhos – Foto/ Arquivo da família

A professora aposentada Hermansilda Doelinger Assad, mais conhecida como Cilda, 87 anos, faleceu na manhã desta quinta-feira, de insuficiência respiratória, depois de lutar contra uma pneumonia, na Unidade Intensiva de Tratamento – UTI do Hospital e Maternidade de Vila Velha.

O corpo será velado a partir das 12 horas na Capela da Penha, em Anchieta e o sepultamento está marcado para às 17 horas, no Cemitério local, na sede.

Dona Cilda deixa um exemplo de vida para muitos casais na atualidade, casou-se com seu Ahide Assad e manteve o casamento por 60 anos, com quem teve quatro filhos, destes, três mulheres.

O ex-prefeito Marcus Assad está com o coração espatifado, ainda assim ele falou rapidamente coma Reportagem, disse que a mãe sempre foi um esteio na família e referência em amor. Dedicou a vida ao trabalho nas escolas de Anchieta, numa época que os recursos eram mais escassos, ia a pé de um colégio para outro. Exemplo de fidelidade. “Deu aula em vários bairros e no interior de Anchieta, educou os quatros filhos, foi parceira do marido por mais de 60 anos. A lição de vida que ela me deixa, é que a vida é mais importante do que tudo”, chorou Marquinhos que esteve acompanhando diariamente a mãe desde a internação há oito dias.  

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*