Prefeitura de Itapemirim renova apoio às famílias produtoras de cana-de-açúcar

Programa é considerado vital para a economia do município

A Prefeitura de Itapemirim (ES) está renovando o seu programa de fomento à produção de cana-de-açúcar pela agricultura familiar. O programa, que consiste na doação de mudas e insumos aos produtores, é considerado vital para a recuperação dessa atividade agrícola que foi gravemente afetada nos últimos anos principalmente devido à escassez de chuvas.

Repetindo o modelo de 2015, o programa tem um limite de doação por produtor: desta vez, serão 180 toneladas de mudas (além de adubo e calcário), em total previsto de 12.000 toneladas de mudas, o que é suficiente para o plantio de 1.000 hectares de lavouras de cana-de-açúcar no município.

Com essa doação, os produtores são estimulados a renovar seus canaviais, gerando renda e empregos no campo; a cana-de-açúcar é vendida para a Usina Paineiras e outros compradores, agregando valor à matéria-prima local; tudo isso movimento o comércio e os serviços da região; e a prefeitura recebe a doação de volta em termos de mais impostos arrecadados com o aquecimento da economia.

O contrário, por outro lado, é conhecido: enquanto em 2014 a prefeitura arrecadou R$ 39 milhões de ICMS só relacionado à atividade da Usina Paineiras, em 2015, no auge da crise hídrica, essa arrecadação caiu 70%, indo a apenas R$ 9 milhões.

“Nós temos contato direto com os produtores rurais e sabemos do quanto esse programa os deixa animados a não desistir do plantio de cana-de-açúcar, apesar de todas as dificuldades que enfrentam”, afirma o diretor Superintendente e de Negócios da Usina Paineiras, Antonio Carlos de Freitas.

Sustentabilidade

Além de contribuir para a economia, a atividade canavieira em Itapemirim remonta há séculos e promove o desenvolvimento descentralizado (especialmente no interior), contribui para a fixação do homem no campo, promove a melhoria do meio ambiente (com consequente redução de problemas e gastos públicos com a saúde dos cidadãos) e contribui para o estabelecimento de uma estrutura agrária salutar (minifúndios, agricultura familiar etc).

A cultura canavieira, vinculada à atividade sucroalcooleira, muito contribui para a melhoria do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil: nos cerca de 1.100 municípios canavieiros brasileiros, o IDH é maior do que a média nacional.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*