Prefeito de Piúma assina Decreto que regulariza feiras

Piúma tem uma vocação natural a realização de feiras, o prefeito reconheceu publicamente assinando Decreto que organiza funcionamento

Foto? Assessoria de Comunicação – Prefeito fala da importância do Decreto para regularizar as feiras em Piúma

O prefeito de Piúma, professor José Ricardo Costa assinou na tarde desta terça-feira, 27, na Sala do Empreendedor, na Prefeitura, o Decreto que estabelece regras de organização e funcionamento das Feiras do Microempreendedor e Artesanato de Piúma.

Ricardo falou com exclusividade à reportagem, disse que a administração quer valorizar as feiras nos fins de semana e trazer oportunidade de renda. “É uma oportunidade aos microempreendedores, quem é artesão, por exemplo, poder está expondo e vendendo seus produtos. Nesta feira além dela funcionar de forma constante, primeiramente um dia aos finais de semana, depois dois dias, vamos concentrar diversas atividades artísticas, música, festival local, apresentação da nossa ginástica rítmica, até o ensaio da nossa banda de fanfarra. Esperamos que as escolas também participem com exposições diversas e festivais literários com os trabalhos dos alunos. Pretendemos concentrar nesta feira diversas ações do ponto de vista cultural, exposição do que o município adquire, vamos colocar também, próxima a esta feira”, frisou o prefeito.

Foto/ Assessoria de Comunicação – A secretária de Desenvolvimento Shirlene Potratz evidencia a potencia das feiras

Muito satisfeita com a assinatura do decreto a secretária de Desenvolvimento Econômico, Shirlene Potratz que falou rapidamente a reportagem. “Piúma tem muito potencial, em todos os seguimentos, a feira do empreendedor, por exemplo, estará oportunizando aos nossos empreendedores a mostra dos seus produtos e serviços e a comercialização. Não podemos esquecer também que a nossa maior referência é o nosso artesanato e ele estará em evidência nas feiras com os nossos artesãos. A nossa intenção é promover, incentivar aqueles que já produzem, essa é a ideia com relação a feira”, frisou a secretária.

A Feira, destinada ao artesão, e com característica principal atribuída ao Microempreendedor Individual – MEI – tem como finalidade a exposição e comercialização de alimentos e artesanatos produzidos manualmente.

As barracas serão distribuídas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento, após uma seleção feita através de um edital, que será divulgado em breve.

Foto/ Assessoria de Comunicação – prefeito, artesãos, lideranças comunitárias e secretários

A assinatura do decreto contou com a presença dos secretários municipais, lideranças comunitárias, artesãos, empreendedores individuais, artistas e outras autoridades.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*