Publicidade

Prefeito de Dores do Rio Preto Envolvido em briga durante festa do Cerro

Na noite desta sexta-feira (14), uma briga tumultuou a tradicional Festa do Cerro, em Dores do Rio Preto, quando o prefeito Cleudenir José de Carvalho Neto, conhecido como Ninho, foi flagrado em um vídeo participando de uma briga. O prefeito aparece agredindo um homem, levando à rápida intervenção de policiais militares e conhecidos que estavam no local.

De acordo com a Polícia Militar (PM), todas as partes envolvidas foram informadas sobre a possibilidade de representação judicial quanto às agressões verbais e físicas e supostas ameaças. A PM também ressaltou que permaneceu no local para garantir a segurança dos participantes até o fim do evento.

Em entrevista exclusiva ao jornal Espírito Santo Notícias, o prefeito Ninho explicou sua versão dos acontecimentos: “A esposa desse rapaz trabalhou na prefeitura por cerca de seis anos. Devido a problemas administrativos, ela foi transferida para um distrito e, não querendo ir, pediu exoneração. Desde então, ela e o marido têm me provocado nas redes sociais e em eventos públicos. Ontem, o marido dela tentou agredir meu filho, que não está envolvido na política. Fui conversar com ele, mas uma mulher mexeu no meu chapéu e ele me insultou e cuspiu em mim. Perdi a paciência e reagi. Após isso, saí do local.”

Por outro lado, a esposa do homem agredido, também se pronunciou ao jornal, detalhando os antecedentes do conflito: “No ano passado, o prefeito me ofendeu publicamente enquanto eu estava em um salão de beleza. Após esse episódio, ele me transferiu para Pedra Menina, mas sem fornecer transporte. Acabei pedindo exoneração. Ontem, durante a festa, seu filho provocou meu marido, que não queria briga, mas o prefeito acabou agredindo ele.”

A Festa do Cerro continuou após o incidente, com a Polícia Militar assegurando a tranquilidade dos presentes até o encerramento das atividades.

O desfecho do caso ainda é incerto, mas ambos os lados têm a oportunidade de buscar representação legal, caso desejem, conforme orientação da Polícia Militar.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *