Publicidade

Policiais civis colocam na cadeia o suspeito de matar Dentinho no Portinho em Piúma

Em cumprimento a mandado de prisão o suspeito de ter assassinado Dentinho foi preso em casa, hoje

Equipe de policiais civis da Delegacia de Piúma e 10ª Delegacia Regional de Anchieta prendeu na manhã desta quinta-feira, 07, S. M.B  de 25 anos, principal suspeito de ter cometido o assassinato de T. C. V, 17 anos, o Dentinho, no último dia 24 na casa onde residia no Portinho, em Piúma. O acusado estava em casa, no bairro Portinho quando foi surpreendido com os policiais em sua porta.

A prisão se deu após cumprimento ao mandado  de prisão  contra S. M.B  apontado como suspeito da autoria do homicídio do menor que   foi alvejado por vários disparos de arma  de fogo de calibre 380,  no interior de sua residência no bairro Portinho em Piúma,  no local equipe da perícia da Polícia Civil apreendeu várias cápsulas deflagradas de calibre 380.

De acordo com informações da Polícia Civil de Piúma, o menor vítima T.C.V tinha passagens policiais por atos infracionais análogos aos Art.157 e  Art. 129 do CPB, além  de Art. 33 da Lei 11.343/06  cometidos  em Piúma e Anchieta. Pelas investigações aponta-se como tese da motivação do homicídio uma disputa de território entre S. M.B e T.C.V no bairro Portinho, em Piúma e Iriri / Anchieta, tendo em vista que S.M.B. também possui passagem   por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas em Piúma.

Além do cumprimento do mandado de prisão foram cumpridos mandado de busca e apreensão na residência de S. M.B e apreendido o veículo Fiat/Pálio, que segundo as investigações foi usado para o cometimento do crime.

Em outros dois endereços em Piúma foram cumpridos mandados de busca no intuito da buscar da arma de fogo utilizada no homicídio, mas não foi encontrada.

Destaca-se o excelente trabalho que vem sendo realizado sob o comando da delegada Rosane Cysneiros na delegacia de Piúma e sua equipe, quase toda feminina. E também a atuação dos investigadores e delegados de Anchieta.

Ressalta-se também o brilhante trabalho do Judiciário que vem atendendo com rapidez os pedidos de prisão e vem expedindo mandados com a máxima rapidez, auxiliando a ação dos investigadores e delegados. Em menos de 20 dias está na cadeia o acusado de assassinar o adolescente Dentinho em Piúma.    

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *