Publicidade

PM, Corpo de Bombeiros e Prefeitura prometem fechar o cerco contra a aglomerações no carnaval no litoral

Quem insistir em desrespeitar o Decreto do Governo do Estado com as medidas contra a Covid-19 poderá ter o estabelecimento fechado, alvará cassado e receber ainda uma multa

Que fique bem claro. Shows, boates, eventos, aglomeração estão proibidos durante o carnaval. E, quem insistir vai sofrer as penalidades impostas. A Polícia Militar com a Cavalaria, viaturas e a Força Tática, o Corpo de Bombeiros estão autorizados a dispersar quem estiver aglomerado e promete agir nos estabelecimentos que desrespeitarem o decreto.

As orientações foram repassadas a Prefeitura de Piúma que foi convocada na manhã desta sexta-feira 12, para uma reunião com representantes da 2ª Companhia Bombeiro Militar (2ª Cia BM) e da 10ª Companhia Independente de Polícia Militar (10ª Cia PMES), para tratarem das medidas a serem adotadas para controle de aglomeração na cidade durante o carnaval, em virtude da pandemia provocada pela Covid-19.

Marcaram presença na reunião, o prefeito Paulo Cola, o secretário de Meio Ambiente; Gustavo Meyrellis, o coordenador da Defesa Civil; Pretinho Piúma e o gerente de Fiscalização; Victor de Souza, ocasião em que foram informados que as forças de segurança do Espírito Santo montaram um esquema especial de fiscalização durante o carnaval, que começara já nesta sexta-feira (12/02), com participação do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar com a Cavalaria e a Força Tática.

Ficou claro para os gestores municipais que o descumprimento das normas criadas para evitar a disseminação da Covid-19, poderá resultar em punições como multas, interdição de estabelecimentos e apreensão de mercadorias, além de outras.

A fiscalização pretende atuar em aglomerações ou eventos que coloquem em risco à coletividade. Foi solicitado ao município que ressaltasse a necessidade de cumprimento das medidas, o que reiteramos através do presente.

O Governo do Estado através da PM e Corpo de Bombeiros estará atuando nesse período de carnaval em toda região litorânea, podendo embargar e interditar os estabelecimentos que vierem constituir perigo para saúde pública, para que se cumpra o Decreto Estadual que estabelece medidas de prevenção e de distanciamento social, contra a propagação do covid-19 no Estado e Município.

“Informamos a toda população e aos comércios que respeitem as medidas preventivas e as determinações impostas pelo Estado. A prefeitura entende que é um momento importante para o comércio, mas indicamos que as medidas de prevenção sejam cumpridas e adequadas por todos, conforme estabelecem as autoridades competentes, para que mais vidas não sejam perdidas nesta pandemia na qual ainda estamos vivendo”, destacou a nota enviada pela Prefeitura.

🎯 Lembrem-se, a pandemia ainda não acabou!! é importante mantermos os cuidados para evitar o contágio e propagação da doença: usar máscara, higienizar constantemente as mãos e manter distanciamento social.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *