PIÚMA: aposentado saiu para ir à feira, passou mal, enfartou, foi socorrido em uma loja e morreu

O aposentado se encostou à porta da loja, onde foi socorrido e acolhido. Infelizmente ele faleceu, apesar de todo o socorro ofertado

O Samu retirado o corpo do aposentado da loja

O aposentado Elimar Fagundes, residente em Itaoca, Itapemirim faleceu na manhã deste sábado, 14, dentro da Loja Ani Store, no Centro de Piúma.

Seu Elimar amava feiras e fazia questão dele mesmo comprar, pois segundo a esposa, ele dizia que ela não sabia escolher hortaliças, frutas… Então, ele desobedeceu as recomendações médicas e saiu de casa para vir a Piúma fazer as compras na manhã deste sábado.  

O aposentado sofria de problemas cardíacos, tinha cinco veias entupidas e estava com uma cirurgia agendada no Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim, segundo informou a técnica de enfermagem, Catarina dos Santos que passava pelo centro, na hora do socorro das equipes e deu suporte a esposa do Elimar, o calor forte o fez passar mal quando caminhava na calçada da Loja Ani Store.

Sem noção, carros passando pela ciclovia e a população na porta da loja

Informações da loja dão conta de que o aposentado estava passando na calçadas quando se encostou à porta. Uma funcionária vendo os lábios dele roxo o convidou para entrar e se sentar em uma cadeira. Foi servido água e de repente ele desmaiou, sendo segurado pelas funcionárias do estabelecimento. “Nós fizemos o que todo ser humano precisa fazer, oferecemos água e o conduzimos ao interior da loja para que ele sentasse. Estava muito quente. Chamamos o socorro que chegou e foram feito todos os procedimentos, infelizmente, ele faleceu. Nós limpamos a loja e abrimos, vida que segue. Que Deus o receba em seus braços e conforte a família”. (informações da loja).

Imprudência e desrespeito

O festival de imprudência era flagrado o tempo todo

A Reportagem foi chamada no local porque haviam três ambulâncias estacionadas no meio da rua e os motoristas e motociclistas não estavam respeitando a ciclovia, mesmo tendo a menos de cinco metros a rua Anchieta, lateral que dá acesso à Escola Lacerda de Aguiar.

A jornalista ficou exatamente no meio do trânsito com o segurança Eduardo fazendo o desvio do trânsito. Eduardo saiu para prestar socorros a esposa de Elimar e uma cidadã chegou para dar suporte, pois no momento muitas bicicletas e pedestres atravessavam o tempo todo a rua para ver a cena no interior da loja.

Um festival de imprudência, desde motoqueiros de chinelos, a motoristas ignorantes que sequer davam setas e com faróis apagados, insistiam se espremer entre a ciclovia e as ambulâncias. Muitos foram flagrados pela live que o jornal fez.

A Polícia Militar – PM foi acionada para fazer o desvio do trânsito, porém não compareceu, mesmo sendo informada de um festival de imprudência estava ocorrendo com a falta de respeito dos condutores.

Sem noção

Sedenta por tragédia a população perdeu completamente a noção, se aglomerou a porta da loja e ficou o tempo todo, olhando pelos vidros e pelas frestas, curiosa, só saiu quando o corpo do aposentado foi retirado do local.   

Curiosidade atraiu muitas pessoas ao local

O Samu removeu o corpo do aposentado para a Capela do Hospital Nossa Senhora da Conceição, onde o médico do Hospital vai detectar a causa morte e fazer o atestado de óbito, para libera o corpo a família.

O episódio é muito triste e o jornal se solidariza com a família neste momento de tamanha dor. Fica o espaço reservado caso a família queira se manifestar sobre o fato.

Fotos: Luciana Maximo

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*