Publicidade

Painel debate papel da Aderes na jornada do artesão capixaba

Para falar do papel da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo do Estado (Aderes) na jornada do artesanato capixaba, o diretor-presidente da Agência, Alberto Farias Gavini Filho, participa, nesta terça-feira (01), às 18h30, de um painel na XVII Convenção Nacional das Micro e Pequenas Empresas, realizada pela Confederação Nacional das Micro e Pequenas Empresas e dos Empreendedores Individuais (Conampe).

O artesanato capixaba é uma das maiores potências no empreendedorismo do Espírito Santo e a Aderes tem a missão de elaborar políticas públicas que estimulem o desenvolvimento desses pequenos negócios.

Na base de dados da Aderes, em conjunto com o Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), são mais de 13 mil artesãos cadastrados e o registro desses empreendedores não param de crescer.

Somente neste ano, em virtude da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), criamos um sistema virtual de atendimento para os artesãos em que fosse possível se cadastrar no Sistema Nacional do Artesanato ou renovar o cadastro já existente.

Dessa forma, o empreendedor não precisa ir até a Aderes para fazer seu registro. Basta fazer todo processo pelo WhatsApp, utilizando o número (27) 98895-2203.

Nesse sentido, registramos um aumento de mais de mil novos cadastros de empreendedores do Artesanato Capixaba, em meio a um ano tão adverso. Vale lembrar que, devidamente registrados, os nossos artesãos estão aptos a divulgar e comercializar seus produtos em todas a feiras realizadas no Estado e por todo o País.

Quando falamos da realização das feiras, a Aderes foi protagonista. Junto aos organizadores dos eventos, modificou todas as plantas das feiras, adequando aos padrões de protocolos do Governo do Estado.

Ações de biossegurança foram adotadas nas feiras, como tapete sanitizante na entrada, aferição de temperatura, dispenser de álcool em gel 70% e pia para higienização das mãos, disponibilizados por todo percurso do evento. Além disso, foi criado um percurso em sentido único, com distanciamento de 1,5 metros, uso de máscaras para entrar no local e uso de protetor facial por parte dos empreendedores.

Com essas medidas adotadas, as feiras ficaram mais organizadas e seguras tanto para o empreendedor quanto para o visitante do evento.

Com a liberação do Governo do Estado, a Aderes agendou oito feiras, de novembro até janeiro de 2021. Sendo que a primeira feira a realizada no Brasil foi a ArteSanto, que aconteceu na Praça do Papa, em Vitória.

São mais de mil famílias de empreendedores do Artesanato Capixaba sendo beneficiadas com as ações da Aderes, inclusive com a entrega de cestas básicas de alimentos.

“Estamos certos de que todo o esforço empenhado neste ano vai fazer o futuro do Artesanato Capixaba mais forte”, disse o diretor-presidente da Aderes, Alberto Farias Gavini Filho.  


Ações da Aderes para o Artesanato Capixaba:

1 – Mais de 13 mil artesãos cadastrados;

2 – Mais de mil artesãos fizeram cadastros no período de pandemia;

3 – Formalização do Artesão por meio do WhatsApp, utilizando o número (27) 98895-2203.

4 – Distribuição de mais de mil cestas básicas para Artesãos Capixabas, durante a pandemia.

5 – Realização de oito feiras, no último bimestre de 2020, para divulgação e venda de produtos;

6 – Somente na ArteSanto, deste ano, os empreendedores do Artesanato Capixaba venderam 13 mil peças, o que totalizou um valor de R$ 280 mil;

7- Capacitação junto ao Sebrae;

8-Criação da Plataforma Compre no ES;

9- Parceria com a Secretaria da Cultura (Secult) na Lei Aldir Blanc;

10- Orientação ao crédito.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade