Publicidade

Oportunidade: ArcelorMittal lança Programa STEM no Espírito Santo

A ArcelorMittal promove o programa STEM no Espírito Santo. Trata-se do projeto-piloto para o desenvolvimento de competências de estudantes aplicáveis ao ensino prático em ciências, tecnologia, engenharia e matemática (sigla em inglês para STEM).  O programa é destinado a alunos da graduação em Sistema de Informação e Engenharia de Controle e Automação do campus Serra do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES) e a produtora de aço irá oferecer cinco bolsas, no valor de R$ 900,00 mensais, cada.

Neste primeiro momento, o intuito é a preparação específica para atuação em projetos de automatização da área de Suprimentos da empresa e que os cinco selecionados possam participar de processos seletivos para futuras oportunidades em seu time de colaboradores. Os bolsistas vão focar em projetos de automatização de processos, incluindo o estímulo à capacidade analítica, à criatividade e ao raciocínio inovador.

A ArcelorMittal está atenta às transformações do mercado de trabalho e às novas aptidões exigidas pela indústria 4.0 e o STEM é um passo importante nesta caminhada. “A formação de talentos com habilidades técnicas, mas também conhecimentos específicos e práticos tem sido um dos requisitos. O projeto-piloto vai permitir a busca por esses profissionais. A prática do dia a dia acarretará uma visão sistêmica do negócio”, aponta Raquel Pittella, diretora de Suprimentos. Além da parceria da instituição de ensino, a iniciativa conta com as participações do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da ArcelorMittal e os hubs de inovação da empresa (Açolab e iNO.VC) na formação e capacitação dos jovens. 

Metodologia – Por meio de desenvolvimento em uma trilha de capacitação especial de seis meses e voltada para projetos específicos, os alunos vão atuar trabalhar por 4 horas semanais, 100% on-line e com o apoio de orientadores da empresa. Eles serão treinados nas principais ferramentas de programação do mercado além de serem capacitados nas mais novas metodologias de trabalho: Métodos Ágeis, OKR’s e outras ferramentas.

A preparação de jovens que a indústria 4.0 exige é um dos grandes desafios para as companhias na atualidade. “Temos como premissa qualificar o profissional, desde a universidade, com a formação técnica que a empresa requer”, explica Elizander Nora, coordenador do projeto. De acordo com ele, a metodologia STEM é uma forma de agilizar a transformação, em especial a digital, e lapidar esse talento. 

Inscrições e seleção – A seleção dos stemers será por meio de edital do IFES e os interessados podem se inscrever pelo portal da instituição ou pelo endereço https://bityli.com/734t2 entre os dias 26 de julho e 08 de agosto. Os estudantes terão seus currículos avaliados e passarão por uma entrevista on-line.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade