Noite de terça-feira marcada por convenções majoritárias em Itapemirim

Progressistas de Dr. Antônio Rocha e PRB de Thiago Peçanha confirmam nomes para disputa da escolha de quem vai governar Itapemirim

A convenção do PRB foi EM Itaipava E LANÇOU Dr. Thiago Peçanha

Na última terça-feira (15), às 18 horas, aconteceu a Convenção PP (Partido Progressistas – 11), em Itapemirim, no Cerimonial Vila Encantada, no Bairro Jardim Paulista na sede da Vila. Em uma convenção multipartidária PP e PSB reafirmaram a caminhada juntos e escolheram Dr. Antônio Rocha (Prefeito) e Fabio Dagata, filho de Adila (Vice-prefeito).

A Convenção do PP foi na
Vila em Itapemirim

Além de PP e PSB, caminharão juntos, DEM, partido da base do governo Bolsonaro, e PSD.

Uma hora depois, às 19h foi a vez do PRB (Partido Republicano Brasileiro), a realizar sua convenção, no distrito de Itaipava, onde foi confirmado o nome do vice-prefeito, que ocupa o lugar de Luciano Paiva, Thiago Peçanha para concorrer à disputa.

Indubitavelmente, uma noite com muitos símbolos que cabem uma leitura nas entrelinhas de todo o cenário composto. Em Itapemirim, quando se trata de política tudo importa: o lugar escolhido, a forma como os candidatos se comportarem, até mesmo aquele banner que enfeita o evento torna-se importante. Além disso tudo, as ausências também marcaram as convenções e deixam no ar questionamentos.

Rocha

De um lado Dr. Antônio Rocha com um discurso pacificador contou com mensagens, em vídeo, de Ministros e Membros do Governo Federal de Bolsonaro. Atrás dele, um banner que mostra muita sintonia com o vice (Fabio Dagata), sem diferença no tamanho da foto, lado a lado, e ambos completando o número 11.

Sem a máquina e convidando as pessoas de boca a boca, em plena pandemia, o pré-candidato lotou o espaço, espalhando o público pelas ruas no em torno: um evento bastante movimentado e significativo no contexto.

A escolha também fez uma diferença relevante para ambos, Dr. Antônio Rocha, ao escolher a Vila, sede do município, demonstra sua preocupação com a união da cidade e pacificação da política, já que em seu discurso se compromete a traçar planos para a sede, campo e litoral.

Peçanha

A beira mar, no distrito onde reside, Thiago Peçanha fez um discurso beligerante, focado no que ele chama de velha política, dando sequência ao que se desenhava na fase pré-convenção, acentuando a briga entre sede, campo e litoral. Thiago também falou dos sonhos do ex-prefeito Junior Peçanha (morto em 1999), e que os sonhos de seu primo seriam realizados. Um deles: levar a sede do município para o litoral.

Chamou a atenção de quem foi à convenção de Thiago o banner atrás dele. O vice não estava na foto. A explicação que deram foi que a convenção era só do PRB, por isso não poderia ter a foto do vice de Thiago.

Quanto as ausências destaque para quatro vereadores da base de Thiago Peçanha: Lenildo Henriques (irmão do secretário de agricultura, Luciano Henriques), Vaguinho da Safra, Bill (cogitado até o último momento como vice de Thiago) e Patinho.

É bom destacar que são vereadores eleitos com votos do campo (Lenildo e Vaguinho) e da sede (Bill e Patinho), é uma importante mensagem, não só para o vice-prefeito, mas também para os eleitores. E nesse cenário inicia-se, em 27 próximo a campanha para a eleição da terra mãe.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*