Publicidade

Morre Monsenhor Rômulo Zagotto

Morreu ontem, domingo (12), aos 73 anos, o Monsenhor Antônio Rômulo Zagotto. Ele estava residindo em Castelo, sul do Espírito Santo, mas veio a Cachoeiro de Itapemirim para celebrações ao longo do dia. 

As primeiras informações são de que ele teria sofrido um infarto fulminante. Nas redes sociais, milhares de pessoas lamentaram a perda de Mons. Rômulo. 

A Diocese de Cachoeiro de Itapemirim informou como será o velório e sepultamento do Mons. Rômulo, através de uma agenda oficial:

Por precaução, devido à pandemia da Covid-19 e seguindo a recomendação das autoridades sanitárias, as despedidas ao Mons. Romulo se darão nesta segunda-feira (13), com a seguinte programação:

07:00 às 09:00 – Velório na Catedral de São Pedro.

As pessoas que desejarem fazer a sua última homenagem ao Mons. Romulo deverão formar uma fila no pátio da Catedral e apenas passarão diante do féretro, não sendo permitida a permanência no interior do templo.

09:30 – Missa de Exéquias na Catedral de São Pedro sendo somente permitida a entrada de presbíteros, de familiares e dos que tomarão parte na liturgia.

10:15 – Traslado do féretro da Catedral de São Pedro para a Matriz Nossa Senhora da Penha, em Castelo – ES.

11:30 às 12:30 – Velório na Matriz Nossa Senhora da Penha em Castelo – ES.

12:30 – Velório reservado aos familiares.

13:30 – Sepultamento no cemitério local.

Ele foi o 1? pároco na Matriz Nosso Senhor dos Passos ou conhecida como Matriz Velha. 

Ainda, nas informações oficiais, a Diocese reforça “Que Deus o acolha em seu Reino, pois temos a certeza que Monsenhor Rômulo velará do Céu por cada fiel de nossa Diocese, assim como fazia em Terra. Aos familiares, amigos próximos e irmãos presbíteros, nossos sentimentos”. 

Biografia

Monsenhor Antônio Rômulo Zagotto tem 42 anos de sacerdócio, com total dedicação à diocese, em especial junto as Paróquias São Pedro – Catedral e Nossa Senhora do Amparo (Itapemirim).

Em 2019 foi celebrada uma Santa Missa em Ação de Graças pelo Presbítero. Missa que o próprio Monsenhor presidiu, ao lado do Administrador Diocesano da Diocese de Cachoeiro, Pe. Walter Luiz Barbiero Milaneze Altoé, demais presbíteros e diáconos da Diocese.

Natural da cidade de Castelo, muitos parentes e amigos da região vieram festejar, na época, junto ao sacerdote, assim como fiéis da Paróquia Nossa Senhora do Amparo, de Itapemirim, onde o Mons. Rômulo é Colaborador Pastoral.

Além da paróquia litorânea, Mons. Rômulo atuava também na Paróquia São Pedro – Catedral, localizada no Centro da cidade de Cachoeiro de Itapemirim, onde é Vigário Paroquial. Ele chegou a passar por uma cirurgia na cabeça e recentente venceu a covid-19

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade