Publicidade

Moradores de Anchieta reclamam de problemas nas obras de duplicação da BR 101 em Anchieta/ES

por Monique Ferbek – Assessora

Moradores das comunidades de Limeira e Jabaquara, em Anchieta, estão preocupados com as obras de  duplicação da BR 101. Eles relatam que as obras estão sendo realizadas no trecho das localidades, mas que existem possíveis erros que poderão ter consequências ambientais e sociais.

“Reconhecemos a importância da obra, vai ser muito bom para que se tenha mais segurança no tráfego de carros. Mas não podemos fechar os olhos para o que estão fazendo, aterrando nosso rio e fechando os bueiros que dão vazão à água da chuva. Por onde a água vai passar durante o período das fortes chuvas? Já temos problemas com água entrando nas casas, fechando os bueiros, a situação vai piorar. Fomos informados que até o túnel seria fechado”, teme o morador José Bissa.

Moradores passaram a denunciar às autoridades municipais que uma movimentação de máquinas estava aterrando o Rio Benevente, na altura da comunidade, estreitando o curso d’água. “Estamos vendo claramente o represamento do Rio Benevente, na comunidade de Jabaquara, um crime ambiental que a Eco 101 está fazendo. Desenvolvimento tem que ter sim, mas tem que preservar o meio ambiente, preservar o rio, que já é bastante assoreado. Agora eu pergunto como vai ficar a comunidade de Jabaquara com esse represamento se algum dia houver alguma enchente?  Eles sabem muito bem o que aconteceu em Iconha”, questionou o ambientalista Nathan Gonçalves.

Na última semana, o vereador Renato Lorencini (PSB) esteve na comunidade, acompanhado da secretária municipal de Meio Ambiente, Jéssica Martins, e do secretário municipal de Infraestrutura, Leonardo Abrantes, para verificar as denúncias dos moradores e tentar esclarecimentos.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente acionou a Superintendência do Ibama, responsável pelo licenciamento ambiental da obra, solicitando avaliação sobre a intervenção no Rio Benevente e seus possíveis impactos quanto ao estrangulamento do Rio.

Na última sexta-feira (23), responsáveis pelo Licenciamento Ambiental e Fiscalização do Ibama, membros da equipe da Concessionária Eco 101 e Prefeitura estiveram no local das obras. Na ocasião, após as denúncias da comunidade, a empresa contratada para execução das obras havia retirado parte da terra jogada no rio. Na visita, o Deputado Federal Ted Conti, presidente da Comissão Externa de Fiscalização da BR 101 também esteve presente.

Falta de diálogo é reclamação dos moradores

“Desde o início do nosso primeiro mandato em 2017, os moradores questionam o que seria feito nos trechos de Anchieta com a duplicação. Estive, mais de uma vez, pessoalmente, na Eco 101, que se comprometeu a dialogar com as comunidades quando as obras estivessem perto de sua execução. Infelizmente, isso não ocorreu nem com os agentes públicos municipais e muito menos com os moradores”, denuncia o vereador Renato Lorencini.

Os moradores temem que as intervenções resultem em problemas futuros. “É bom que o problema seja resolvido logo, para que quando vier o período das chuvas não venhamos a sofrer ainda mais com as enchentes, pois, no ano passado as enchentes fizeram um estrago na comunidade de Jabaquara e principalmente de Limeira. Não podemos negligenciar esse período, pois quem irá sofrer serão os moradores locais. Estamos pedindo socorro urgente” solicitou a moradora Juliana Lara.

A falta de transparência é uma das principais reclamações de quem vive próximo ao local. “Não tem diálogo algum com as comunidades. Em Limeira não teremos nem passarela. Como vamos fazer para cruzar a pé para Jabaquara? Somos vizinhos e estaremos separados pela obra. Pelo que vimos, só conseguiremos entrar na comunidade se for de carro, em total desrespeito ao pedestre”, reivindicou Lucas Vettoraci, morador de Limeira.

Visita à Eco 101 e compromisso de reunião no município

Nesta segunda-feira (26), com interlocução do Deputado Federal Ted Conti, representantes das comunidades, Prefeitura e Câmara Municipal foram recebidos na Eco 101, na Serra, para  apresentação do projeto com seu detalhamento.

Na ocasião, o Presidente da Câmara de Anchieta Edson Vando de Souza e o vereador Renato Lorencini representaram o Legislativo Municipal, levando questionamentos feitos também por outros parlamentares sobre as obras de duplicação da via.

Como resultado do encontro, a Concessionária se comprometeu a realizar um encontro no município de Anchieta para poder dialogar com comunidade e agentes públicos. “Fomos recebidos na sede da Concessionária, que se comprometeu a avaliar a construção de passarelas, melhorias na drenagem e busca de soluções para evitar impactos ambientais. Como presidente da Comissão de Fiscalização da BR 101/ES, vou buscar sempre o diálogo. Ficou decidido que uma nova reunião será marcada em Anchieta, para que todos possam acompanhar as intervenções na rodovia” afirmou Ted Conti.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *