Meio milhão garantido para hospitais de Cachoeiro/ES e Colatina vai beneficiar pacientes de 59 cidades

Assessoria de Comunicação

Cuidar da saúde de todos os municípios capixabas é um dos principais compromissos da senadora Rose de Freitas (PODE-ES). Nesta semana, a parlamentar garantiu junto ao Ministério da Saúde o empenho de R$ 500 mil de sua emenda para os hospitais Materno Infantil Francisco de Assis (Hifa), de Cachoeiro de Itapemirim (R$ 300 mil), e São José, de Colatina (R$ 200 mil), para a compra de equipamentos. Pacientes de pelo menos 59 cidades do Norte (32) e Sul (27) do Estado serão beneficiados.

Com o dinheiro, o Hifa vai adquirir dois monitores multiparâmetros para o centro cirúrgico, dois focos cirúrgicos de teto e um aparelho de raio-x fixo. Os monitores são utilizados na monitoração de eletrocardiograma, respiração, temperatura, pressões não-invasiva e invasiva, oximetria, capnografia, agentes anestésicos e índice de sedação anestésico em pacientes adultos, pediátricos e recém-nascidos.

Já o foco cirúrgico funciona como sistema de iluminação, de estrutura fixa, para auxiliar a visualização dos profissionais durante a realização de procedimentos médicos, a exemplo de cirurgias. O raio-x é utilizado para diagnósticos de possíveis doenças.

“Em nome da diretoria, gostaria de agradecer a senadora Rose de Freitas pela emenda de R$ 300 mil. Esses equipamentos são de suma importância para atender as crianças do Sul do Estado que procuram o hospital. É um hospital filantrópico referência para 27 municípios da região Sul”, pontuou Andréa Cellin, gestora de projetos do hospital.

Assista ao vídeo:

Colatina

No caso do hospital São José, serão adquiridas 12 camas hospitalares elétricas e um aparelho eletrocardiógrafo. As camas elétricas serão utilizadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e substituirão camas manuais consideradas obsoletas pela direção da unidade. E o eletrocargiógrafo será instalado na sala de emergência para também substituir o equipamento atualmente utilizado.

“Esses recursos da senadora têm nos ajudado há vários anos a melhorar nosso parque tecnológico para prestar um excelente atendimento. É o que nós temos tentado para essa população da região – somos 32 municípios de toda a região norte e central do Espírito Santo. Obrigado, senadora. Que nós possamos manter a parceria e contamos com isso para os próximos anos”, agradeceu o diretor-geral Wallace Aguiar de Medeiras.

Assista ao vídeo:

Dinheiro na conta

No início de abril, o Ministério da Saúde antecipou o empenho de R$ 3,6 milhões da emenda parlamentar de Rose, referente ao Orçamento de 2020. Oito municípios do Espírito Santo foram contemplados com o recurso.

O aporte deve ser investido no custeio da atenção básica de Vargem Alta, R$ 600 mil; Jerônimo Monteiro e Viana, R$ 400 mil cada, Alegre e Apiacá, R$ 300 mil cada. Já para custear a Média e Alta Complexidade (MAC), Mimoso do Sul terá R$ 500 mil para o Hospital Apóstolo Pedro; Ecoporanga, R$ 500 mil para o Hospital Promatre; Pinheiros, R$ 500 mil, e Viana R$ 120.127,00.

Prefeitos agradecidos

O prefeito de Viana, Gilson Daniel, agradeceu à senadora e disse que vai aplicar o recurso na compra de equipamento de proteção individual dos agentes da Saúde (EPI). “Quero agradecer à senadora Rose, pois este recurso será destinado para comprar EPI para as equipes de saúde que nós estamos precisando. É um recurso que vem na hora certa, no momento em que precisamos”, explicou.

Já o prefeito de Vargem Alta, João Altoé, ressaltou que o recurso será importante para evitar a transmissão local do coronavírus. “Quero agradecer a senadora Rose de Freitas pelo carinho com o município para socorrer as pessoas, os idosos, as crianças e todas as pessoas que precisam da saúde pública. A nossa equipe de Vigilância Sanitária está muito atuante trabalhando para evitar a transmissão do vírus”, destacou.

Fabrício Thebaldi, prefeito de Apiacá, lembrou sobre a importância de frear a propagação do vírus. “Venho agradecer a nossa senadora Rose de Freitas pela enorme ajuda que tem dado ao município, em especial aos recursos destinados à saúde para podermos combater esse vírus que assola a nossa humanidade”.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*