LimãoRosa o bloco que ganhou a simpatia em Piúma

Oficialmente, a primeira vez que ganhou as ruas de Piúma, o mais novo Bloco LimãoRosa

O primeiro dia de carnaval, sexta-feira 21, foi também o primeiro dia do desfile do Bloco LimãoRosa, que saiu na noite pelas ruas de Piúma carregando centenas de famílias da Cidade das Conchas.

Foi lindo de ver, todos de abadá brincando, cantando e dançando. Um bloco de amigos que cresceu e ganhou muitos novos foliões amigos.  “Um grupo de amigos, nos encontramos toda a segunda-feira de carnaval para esperar o Bloco do Mé. Como eu enfeitava minha casa de limão rosa, porque sou mangueirense, todos que chegavam e diziam que eram mangueirense, eu dizia, não, você é do boco LimãoRosa, por isso o nome. Hoje foi o primeiro desfile na Avenida. Cresceu muito o número de amigos”, disse Eliane Chequetto, a anfitriã do Bloco.

Entre os amigos que se encontram na casa de Eliane, a ambientalista Josephina Guimarães, que estava aniversariando ontem e ganhou de presente um parabém especial, na Praça em frente à prefeitura. “Este é Bloco é muito bonito. O Bloco do Mé, amo, mas o LimãoRosa é a mais nova opção, veio para completar as festividades do carnaval de Piúma. Nós passamos por umas ruas esquecidas, culturalmente, foi muito lindo, muito legal, arrepiante”, frisou Josephina.

“Alegria é comigo mesmo. Esse Bloco nós já fazemos parte há três anos, era restrito à casa de Eliane, mas agora foi aberto a comunidade”, comentou a pedagoga Lenilce Carvalho.

Quem estava também linda no adereço é a empresária Luciana Zetum. “Maravilhoso, bloco genuinamente de Piúma, eu espero muitos e muitos anos que ele continue, um bloco onde a gente encontra todos os amigos”.

“Maravilhoso, tudo de bom, um bloco só de piumense, totalmente familiar”, disse a diretora da escola Itaputanga Conceição Feliciano.

“O Bloco tem tudo a ver com Piúma, tem o bairro do Limão, tem o limão galego, o limão branco, adorei o abadá.  Um bloco formado por amigos”, comentou a professora Âmara Guimarães.

“O bloco, como diz a juventude, lacrou e quanto a Josephina é aquilo que você já conhece, ela merece todos os parabéns do mundo. É top”, assegurou professor Alcelon Amaral.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*