Larápios baratos: furtaram moedas, camarão e vara de pescar

A Lei muitas das vezes favorece a bandidagem, a GM aprende, a PM prende, mas a justiça solta e eles voltam pra rua para cometer outros novos delitos

 

Os meliantes tiveram a cara de pau de arrombar quatro cadeados, furtarem pacotes de camarão, duas varas de pescar e uma sacola contendo R$27.00 em moedas, em um BOX de peixe em Anchieta.

A Guarda Municipal foi acionada e conseguiu apreender as mercadorias e três indivíduos, sendo um adolescente. Todos levados à delegacia da Polícia Civil de Guarapari, mas não ficarão por muito tempo, logo logo voltam as ruas prontos para assaltam furtar, matar, a lei é fraca, como diz um GM, por volta das 5h00 desta madrugada de terça-feira, 21.

Impunidade, revolta, indignação esses são os sentimentos dos profissionais que atuam na defesa do Patrimônio e da pessoa.

Por volta de 1h35 da madrugada desta terça-feira, 21, os GMs receberam um chamado de arrombamento em um Box de venda de peixes do seu Nilson, essa feita por três elementos. Prontamente, as VTR 05 e 01 compostas pelos GMs Prett e Bicalho, Beatriz e Luciano saíram prontamente à busca dos mesmos, aonde GMs Luciano e Beatriz já haviam passado pelos suspeitos: Matheus Victor da Silva, 18 anos, Yuri de Jesus dos Santos, 19 anos. Em busca e com apoio da VTR05, os encontraram.

Três indivíduos, um adolescente de 16 anos e dois maiores, foram abordados e em revista, encontraram com os mesmo duas varas de pescar, sacos de camarões congelados dentro de um balde, saco de moedas e estavam em duas bicicletas. Os mesmos foram conduzidos ao local do crime e reconhecido por testemunhas.

O local estava arrombado, o proprietário seu Nilson confirmou o arrombamento de quatro cadeados, reconheceu a mercadoria encontrada e ainda dentro do balde havia a tampa de uma maquininha de cartão SEPAG, a mesma foi levada por eles e sumiram com ela.

Os bandidos mentiram e deram várias versões e depois confessaram o furto. Os mesmos foram conduzidos para a Delegacia de Guarapari aonde o Delegado irá proceder conforme ações cabíveis, mas logo logo estarão nas ruas mais uma vez. “São mais de 5h00 da manhã, ainda estamos na delegacia de Guarapari, é um abuso. Dois maiores e um menor apreendidos e nós contamos R$27.00 em moedas, camarão, varas de pescar, frutos do arrombamento que eles fizeram e nós aqui, sabendo que amanhã eles podem matar alguém, fazendo coisa piores e vão ser soltos, mais cedo ou mais tarde. A PM e a GM fazem o trabalho, mas a justiça não colabora. E aqui estamos nós, muitas das vezes a comunidade precisando da gente em outros locais, tendo ocorrências mais importantes e saber que você está em uma delegacia, com dois maiores e um menor mentirosos que cometeram o furto e não vai dar nada”, desabafou GM Beatriz.

Não resta dúvida que A Guarda Municipal de Anchieta tem feito um brilhante trabalho no município em se tratando de defender o patrimônio. Mas, se sente frustrada na maioria das vezes, porque, depois de um árduo trabalho, acaba sempre na mesma, o criminoso vai pra delegacia, assina um termo e volta pra rua. É noia, usuário, menor de idade, não dá em nada, sensação de tentar enxugar o gelo.

 

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*