KENNEDY: vereadora encomendou um tênis e recebeu um pacote com cédulas supostamente falsas, ela afirma que foi vítima de uma emboscada

Vereadora de Kennedy afirma que foi presa em flagrante com um pacote, mas se defende, diz que foi vítima de emboscada

Na pacata cidade de Presidente Kennedy o assunto entre ontem e hoje, dia do trabalho é a condução da vereadora Mirian de Jesus Faria pela Polícia Federal nesta quinta-feira. Ela diz que foi vítima de uma emboscada, que é jogo baixo e que tudo isso pode ter ligação com atuação dela no combate a corrupção na cidade.

Mirian enviou dois áudios em um grupo onde ela relata que esperava um tênis e acabou recebendo um pacote com notas de R$20.00 somando R$1.000.00. Ela assegura que foi vítima e por isso não ficou detida sendo liberada depois de ser ouvida na Polícia Federal em Cachoeiro.

Cidade de interior, pacata, o povo não perde tempo, há os que estão fazendo piadas nas redes sociais e o que estão defendendo a vereadora.

Mirian de Baldo, assim mais conhecida na Velha Batalha divulgou na manhã desta sexta-feira(01) uma nota esclarecendo .
Segundo a nota Mirian foi surpreendida ao ser abordada e conduzida por policiais até a Delegacia de Polícia Federal de Cachoeiro de Itapemirim e injustamente acusada de receber correspondência postal com moedas falsificadas. “…Como todos sabem eu fui presa em flagrante, com um pacote, uma mercadoria que estava esperando, que não foi o que eu estava esperando que veio no envelope, eu estava esperando um tênis, eu vi muitos comentários, uns me defendendo, outras pessoas me criticando…”

No mesmo áudio Mirian afirma que foi apreendida com um envelope e neste havia uma quantia de R$1.000.00 de notas de R$20.00, porém, ela jamais iria se sujar para comprando cédulas falsas… “O meu código de barras foi postado em Goiânia e foi vindo, só que este pacote que eu recebi pela Polícia Federal que foi investigado teve uma parada em Guaçuí e outra parada em Cachoeiro que a polícia em investigação conseguiu descobrir isto. Só que no Correio não consta isso que teve estas paradas em Guaçuí e Cachoeiro, então, foi uma armação, eu sabia que a política este ano ia ser um pouco pesada, mas eu não imaginaria que pessoas desceriam o nível tão baixo. Quem entende um pouco de lei sabe que quando a Federal prende, ainda mais em flagrante ai para a cadeia mesmo e fica presa, graças a Deus eu não fui, porque eu tenho um histórico muito limpo, eu sou uma pessoa que tenho o meu caráter, eu tenho dignidade…”
A vereadora agradeceu todos, os que a defenderam e os que criticaram pelas redes sociais e disse que cada crítica é um novo degrau para ela. “Não se esqueça, antes de apontarem um dedo para alguém, tem três de volta apontado para vocês, Deus é muito justo, Deus é fiel e a verdade sempre prevalece. Eu quero mais uma vez agradecer de coração as palavras de quem me defendeu, acreditaram no meu caráter, na minha índole, na minha dignidade, porque eu sou muito correta com as coisas, graças a Deus, nunca me envolvi em nada errado e mais uma vez agradecer de coração as críticas, vocês não têm noção de como as críticas de vocês me fizeram bem”.  

Já passou fome e nunca roubou

Segundo Mirian nos áudios enviados ao grupo, ela já passou fome e nuca se envolveu com nada errado. “Antes de eu ser vereadora trabalhava em uma pizzaria, e antes de trabalhar na pizzaria trabalhei em uma padaria em Marataízes. Eu quero dizer para vocês que eu já passei fome, já passei três dias sem ter de onde tirar para comer eu já passei necessidade com a minha família e eu nunca me envolvi em coisa errada, eu nunca roubei R$1.00 de ninguém, eu nunca me envolvi em sujeira, será que a pessoa tem a mentalidade tão pequena, acha mesmo que eu ia me envolver em comprar cédulas falsas”…

As pessoas deveriam conhecer mais a vereadora segundo ela: “Enquanto vocês tentam me difamar eu tenho um Deus lá em cima que Vê tudo e nunca me abandonou e eu tenho certeza, nunca vai me abandonar”  

Segue nota na íntegra enviada a imprensa da vereadora

Á toda sociedade kennedense e órgãos de imprensa,

A respeito dos fatos noticiados pela imprensa estadual no dia de ontem, venho informar.

Exerço pela segunda vez o mandato de vereadora em Presidente Kennedy, sempre atuando de forma independente na busca de melhores condições de vida e trabalho para a população kennedense e jamais me esquivando de combater a corrupção em nosso município, realizando diversas denúncias contra poderosos grupos empresariais e renomados políticos da região.

Na manhã de ontem, enquanto realizava meu trabalho na Câmara Municipal, fui surpreendida ao ser abordada e conduzida por policiais até a Delegacia de Polícia Federal de Cachoeiro de Itapemirim, onde fui injustamente acusada de receber correspondência postal com moedas falsificadas.

Esclareço à toda sociedade que jamais pratiquei ato ilícito, pautando minha vida pessoal na simplicidade, em padrão de vida sempre condizente com os subsídios que recebo em razão do exercício de meu mandato parlamentar, o que é de conhecimento de todos.

A correspondência endereçada à minha família sem indicação de remetente foi ardilosamente elaborada e preparada com o único objetivo de fazer chegar em minhas mãos objeto criminoso que jamais foi de minha responsabilidade ou de qualquer um dos meus familiares.

Com a graça de Deus, houve luz sobre a verdade e ainda ontem fui liberada pela Polícia Federal, e já nesta mesma noite pude estar ao lado de minha família, onde juntos podemos louvar o nome do Senhor por esta graça.

Fui vítima de emboscada dirigida contra mim e minha família, fruto de minha atuação dura e contundente contra a corrupção praticada pela elite poderosa que, a todo custo, tenta fazer-se perpetuar no poder e no enriquecimento às custas da miséria da grande parte da população.

Foram diversas denúncias realizadas por mim neste período em que estou vereadora. Pronunciamentos na tribuna da Câmara, ofícios ao Ministério Público, protocolos ao Tribunal de Contas do Estado, etc, afetando diretamente interesses de políticos e empresários que atuam neste município.

Não me deixarei intimidar, prosseguirei firme e inabalável em meu compromisso com os que me elegeram e com toda a população de Presidente Kennedy. Continuarei denunciando as injustiças e os atos de corrupção, os contratos superfaturados às custas de serviços precários e da violação de direitos sociais e péssimas condições de vida do povo. Custe o que custar, doa a quem doer!

Agradeço a todos que, desde a noite de ontem, têm me enviado a sua mensagem de solidariedade e de apoio, ressaltando a sua confiança em meu trabalho e na minha honestidade. Muito Obrigado!

Não tenho nada a ocultar ou a esconder. Provarei na justiça a minha completa inocência e lutarei pela responsabilização dos verdadeiros culpados por este atentado contra a minha honra e dignidade.

Presidente Kennedy, ES, 01 de maio de 2020.

Mirian Jesus de Faria!


Em nota a Polícia Federal informou que não pode confirmar os dados demandados no momento e que as investigações prosseguem.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*