Publicidade

Jura Fernandes apresenta o show “Guitarra Canta Congo”

Congo, gênero musical que evidencia o som dos tambores, da casaca e de outros elementos percussivos, é patrimônio do Espírito Santo. E o guitarrista e compositor Jura Fernandes é um dos responsáveis pela inclusão desse som na música popular em terras capixabas, a partir de sua trajetória com a banda Casaca e como compositor.

Incitado pela história e pela relação com o ritmo, Jura apresenta no próximo dia 25 o show Guitarra Canta Congo, uma viagem instrumental de 50 minutos para homenagear o Congo Pop – a mistura dos elementos tradicionais percussivos com guitarra, baixo e outros instrumentos.

O evento, resultado de recursos da Lei Aldir Blanc com o apoio da prefeitura de Vitória, será transmitido do Palácio Sônia Cabral, às 16 horas do dia 25, domingo, pelo canal do YouTube do próprio Jura:

https://www.youtube.com/channel/UCDXkKhZSyM5QrJ0Z-CKiLxw.

“É uma homenagem, uma comemoração desse ritmo que tanto me influencia e que faz parte da história de todos os capixabas. O show é construído a partir de composições que marcaram e representam a popularização do Congo no Espírito Santo. Canções que terão suas melodias executadas de forma instrumental, como a intenção de fazer o público sentir a nossa história de uma forma diferente”, conta Jura, que hoje desenvolve seu trabalho solo e também toca guitarra e viola no Forró Bemtivi.

“É uma apresentação também para mostrar como o Congo pode e deve alcançar nossos jovens e os transformar em propagadores da cultura. Será um momento dançante, com músicas importantes e a abordagem de temas como preservação do meio ambiente e inclusão social”, completa o compositor.

Jura adianta ainda que, durante o show, transmitirá falas e frases de representantes da cultura capixaba, como Vitalino José Rego, o Mestre Vitalino, um dos pioneiros da confecção do instrumento musical casaca, integrante da banda de Congo Mestre Honório, na Barra do Jucu, e com trabalhos realizados em todo o Brasil e em países como França, Estados Unidos e Itália.   

Além disso, Jura Fernandes contará no palco com participações do percussionista Vinícius Gáudio, do vocalista do Forró Bemtivi ,Vinícius Caranguejo, e da musicista, tecladista e professora da Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames) Grácia Maria da Silva.

O repertório terá canções autorais de Jura, como “Dobradinha Boa” e “Jura que é Forró”, clássicos capixabas como “Marina” e versões de outras canções conhecidas, todas com arranjo desenvolvido por Jura.

Mais sobre Jura Fernandes – Natural de São José dos Campos, o compositor e multi-instrumentista mantém, desde 1995, relação espiritual e sonora com o Congo e a Barra do Jucu. Apesar de ter a guitarra como principal instrumento, os elementos percussivos sempre influenciaram seu som.

Jura tem em seu currículo participação em 12 discos, dos quais quatro são do Casaca – “Casaca”, “Na Estrada”, “Ilha” e “No Tambor, na Casaca e na Guitarra”. Também gravou trabalhos autorais, como o “Jura que é Forró” e o “Special Gig”, além de ter tocado as guitarras no álbum do Bloco Surpresa, do Carnaval de 2013. O multi-instrumentista, além desenvolver hoje seu trabalho solo, toca guitarra e viola no Forró Bemtivi.

Jura também já se apresentou por dois anos na França, como guitarrista e cavaquinista, em casas de show renomadas mundialmente, como o “Blue Note”. Durante a carreira, Jura teve ainda participações em canais como a MTV e programas como o de Serginho Groisman. 

Serviço: Jura Fernandes apresenta o show Guitarra Canta Congo

– Quando: 25 de julho

– Horário: 16 horas

– Onde: Transmissão online diretamente do Palácio Sônia Cabral, pelo canal do YouTube de Jura Fernandes: https://www.youtube.com/channel/UCDXkKhZSyM5QrJ0Z-CKiLxw

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *