Jovem cachoeirense saiu de casa no natal e não mais voltou, a família pede ajuda para encontrá-lo ele sofre de esquizofrenia

Uma bolsa com documentos de Gabriel foi encontrada em Guarapari, os pais estão preocupados pois o rapaz está sem tomar os medicamentos

Gabriel faz uso de remédios controlados

Os pais de Gabriel Silva Gama, 23 anos, residente no bairro Coramara em Cachoeiro de Itapemirim estão muito preocupados com o filho que saiu de casa, depois de uma discussão com o pai, na manhã do dia 25 e não voltou mais.

De acordo com o pedreiro, pai de Gabriel, João Fernando Gama, 51 anos o filho sofre de esquizofrenia e está sem fazer uso dos medicamentos, aparentemente, ele não demonstra nada, mas ele teme que Gabriel seja violentado ou violente alguém.

João Fernando contou que o filho teria seguido para Venda Nova do Imigrante e teria se hospedado em um hotel na cidade, de lá e ele pegou uma condução em um aplicativo e foi para Guarapari, onde foi encontrado documentos dele, inclusive com manchas de sangue.

Os pais de Gabriel seguiram para Guarapari neste domingo, 02 e passaram o dia fazendo buscas, mas não o encontraram.  

Gabriel estava com pouco dinheiro quando saiu de casa, segundo o pai, pois ele havia trabalhado uns dias como ajudante de pedreiro em uma obra, mas não o suficiente para hospedagens e alimentação por todos estes dias.

De acordo com a mãe de Gabriel, Tânia Felipe da Silva, o filho apresentou a doença entre 17 para 18 anos, ele não teve esse quadro na infância, veio na adolescência. “Sempre foi um filho maravilhoso, nota 10 no colégio, a gente nunca teve nenhuma ocorrência com ele, mas a partir do momento que a gente começou a observar a doença, que foi através de alguns fatos que aconteceram em casa, e que ele foi levado ao tratamento com  psiquiatra a gente começou a obter os laudos. A minha preocupação como mãe é, o Gabriel pode fazer alguma coisa que ele não faria se estivesse medicado”, disse.,

Numa comparação metafórica, a mãe de Gabriel citou o exemplo de um carro sem manutenção alguma depois de algum tempo pegando uma estrada, assim seria o filho, sem remédio podendo perder o controle a qualquer instante. “Nesse momento, eu vou dizer que o Gabriel seria um carro desgovernado. Ele está fora dos medicamentos que ele teria de estar usando, ele pode se tornar agressivo com as pessoas, ele pode machucar alguém e pode se machucar, ele pode fazer alguma coisa que ele não faria medicamentado, então assim, essa é minha preocupação como mãe em acha-lo, e eu peço que se alguém avista-lo comunique imediatamente a polícia, comunique para que a gente possa tomar as devidas providências, o Gabriel tem que ser removido com ambulância, não tentem segurar ele, apenas nos comuniquem para sabermos o paradeiro do Gabriel e recolhê-lo para tratamento, esse é meu apelo como mãe, desde já eu agradeço todas as pessoas que estão se empenhando em achar o Gabriel e as demais que sem nos conhecer prestam solidariedade, muito obrigada a todos”. Os pais desconfiam que Gabriel possa estar em Guarapari ou nas redondezas. O jornal vai disponibilizar duas fotos dele, provavelmente hoje ele pode estar mais barbudo e com o cabelo maior. Então, se você viu entre em contato com a polícia ou com os pais de Gabriel nos fones: 28- 992227571 mãe – 28.999587336 – pai.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade