Inadmissível: depenaram o carro que foi levado pela enchente em Iconha

Sem nenhum respeito com o próximo, ladrões estão furtando o pouco que sobrou em Iconha. Este veículo foi totalmente depenado

Fotos: Magno Martins

O motorista Dirceu Mozer teve o Gol dele arrastado e levado na enchente de sexta-feira 17, em Iconha. O carro estava no estacionamento do Supermercado Mult Show quando foi arrastado pela força da água que levou vários.

Contou a filha, Taynara Mozer que o pai tinha ido ajudar as tias e estacionou lá. Quase foi carregado também, só não foi porque outros moradores o resgataram .

O veículo foi fotografado pendurado a beira do rio pelo advogado de Piúma Magno Martins que chegou a avistar pessoas próximas ao carro, Magno percorreu todo o rio até Iconha para ajudar as vítimas da chuva.

Pasmem, além de ter o Gol levado na enxurrada, acabou o encontrado totalmente depenado. Nem os pneus foram poupados.  

A filha de Dirceu, Taynara Mozer fez um desabafo nas redes sociais, ela disse que é de cortar o coração ouvir os relatos de gente que além de ter os bens levados pela chuva também tiveram eles levados por pessoas sem empatia alguma. “É muito triste ver o trabalho de anos ser destruído em pouco mais de 30 minutos. Uma hora você tem sua casa, seu trabalho e suas coisas e na outra você não tem nada. Pelas ruas de Iconha se vê um povo sofrido tentando reconstruir em meio a lama. Porém existem aqueles que eu chamo de FDP que em meio a tanta dor ainda tem a coragem de tentar se beneficiar da tragédia alheia. Este carro da imagem é do meu pai e da minha madrasta, pessoas trabalhadoras e honestas que com o suor do seu trabalho conquistaram tudo que tem hoje. E que por infelicidade do destino tiveram seu carro arrastado pela enxurrada que avassalou Iconha. Como se não fosse suficiente toda essa tragédia, esses indivíduos depenaram o carro dos dois e é a eles que eu vou me dirigir agora. A justiça divina não falha e muito menos demora, ela vem na hora certa. Vocês que estão saqueando lojas, assaltando quem já não tem quase nada, os que se aproveitam das doações e aqueles que visam lucrar com a desgraça alheia. A justiça de Deus, ela vem”.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*