IMPRUDÊNCIA: locutor faz ultrapassagem na curva da Matinha, bate de frente com um Golf morre na hora e deixa 4 feridos

Luciano trabalhava como locutor nas lojas / Foto arquivo pessoal

O locutor morreu preso às ferragens, os quatro passageiros do Golf que seguia a Marataízes foram socorridos e passam bem

Luciano teria forçado uma ultrapassagem em uma curva – Foto/ Ana Bandeira

Álcool e direção de fato é uma mistura fatal, e, na tarde deste domingo, 27, acabou colocando fim a vida do locutor Luciano Malfacini de Oliveira, 49 anos, residente no bairro Zumbi, em Cachoeiro de Itapemirim. Luciano teria tentado fazer uma ultrapassagem no KM 2, da ES 490, no trecho da ‘Matinha’, rodovia que liga Cachoeiro de Itapemirim a Marataízes e acabou batendo de frente com um Golf que seguia para Marataízes e morrendo na hora.

O local não possui acostamento / Foto – Ana Bandeira

Segundo informações de uma jovem que estava no Golf, veículo também envolvido no acidente, a mistura de álcool com direção não combina. “Sofremos um acidente, mas graças a Deus, estamos bem, Deus foi maravilhoso com a gente, nos livrou. Não tivemos culpa de nada, é aquilo: Álcool com direção não combina e infelizmente quem acaba pagando pato é quem não tem nada a ver. Estávamos indo para a praia para nos divertir um pouco e interromperam a nossa viagem, mas de males o pior, graças a Deus estamos vivos”. (Áudio de uma das ocupantes do Golf enviado pela GM).

Outra ocupante do Golf que foi atingido pelo Corsa que Luciano dirigia enviou um áudio a parentes para tranquiliza-los dizendo que estava bem, apesar do susto. Disse que Luciano seguia de Marataízes para Cachoeiro e teria feito diversas ultrapassagens proibidas até chegar na Matinha. Sem acostamento e na curva, ficou impossível evitar a tragédia. “Estamos bem, infelizmente, muitas pessoas se preocupam com bens materiais, mas infelizmente, esquecem que o maior bem que a gente tem na vida é o ar de poder respirar. Sinto muito pela família dele, mas quem estava lá viu como é que ele veio. Falaram que ele vinha cortando desde Marataízes e estava doidão. Tentamos tirar o carro para não pegar, mas quem conhece a Matinha sabe, não tem como, não tem acostamento, não tem como. Ali não é lugar de ultrapassagem e quando acontece essas coisas assim, não tem como você tirar, infelizmente. Sinto muito pela família dele, não o conhecia. Dos males o menor, ele estava sozinho, a gente estava com quatro pessoas dentro do carro e graças a Deus estamos todos bem. Estamos sendo atendidos na Santa Casa”, contou uma das passageiras que fechou o áudio afirmando. “Infelizmente, álcool com direção, não dá”!

Luciano foi ao Catedral em busca de samba, antes de morrer

Luciano antes de seguir viagem para Cachoeiro esteve no Catedral do Samba em Marataízes afim de curtir um samba, mas ainda encontrou o bar fechado e fez uma postagem na sua página no Facebook, dizendo não tinha começado. Logo em seguida aconteceu a tragédia. “E aí, galera, boa tarde. Estou aqui no Catedral do Samba. Não começou nada ainda. Tá osso. Vou procurar um pagode hoje, porque… um domingo gostoso, sol maravilhoso. Já tomei aquele tibum gostoso. Agora vou ver onde tem samba. Onde tem samba, tá nós (sic). Valeu. Beijo”.

O corpo do locutor ficou preso às ferragens sendo retirado pelo Corpo de Bombeiros. A Perícia da Polícia Civil – PC já esteve no local e retirou o corpo e encaminhou ao Departamento Médico Legal – DML, de Cachoeiro onde será necropsiado e liberado para sepultamento.

Luciano era queridíssimo em Cachoeiro

Atuando como locutor nas portas das lojas, Luciano Malfacini fez milhares de amigos na Capital Secreta do Mundo. Todos gostam demais dele, nas redes sociais muitas pessoas lamentam a tragédia e dizem não acreditar.

Luciano era a expressão maior da alegria – carnaval / Foto – Arquivo pessoal

Luciano era servidor efetivo da Prefeitura de Cachoeiro, era sindicalista e crítico dos direitos dos servidores, estava sempre envolvido nas lutas sociais, segundo uma tia. No último carnaval foi eleito Rei Momo.

Adeus pelas redes sociais

“Uma pessoa que com seu carisma conquistava todos ao seu lado. Descanse em paz meu amigo Luciano Malfacini . Não tô acreditando. Você meu amigo sempre de bem com a vida fazendo a sua locução. E não deixava de mexer comigo toda vez que eu passava. Muito triste” – Postou Danielle Backer.

Gustavo Freitas está muito triste com a morte de Luciano – Foto – Arquivo Pessoal de Gustavo

“No cair da tarde, Cachoeiro perde uma das melhores pessoas! Ainda não tô acreditando! Descanse em paz guerreiro”! – Gustavo Freitas

“O mundo nos prega muitas surpresas. Muitas nos fazem sofrer, trazem tristeza, dor e luto. A sua partida, tão prematura, foi uma dessas surpresas imprevisíveis do destino que nos tiram o chão. Ninguém poderia imaginar que você nos deixaria tão cedo, tão abruptamente, Descanse em paz Luciano Malfacini” – Chicão do Posto Nogueira.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*