Publicidade

Governo realiza a 18ª edição da Semana Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação

O Governo do Espírito Santo deu início, na terça-feira (23), à 18ª Semana Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. O evento acontece em formato híbrido, com transmissão ao vivo pelo canal da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento no YouTube. A programação segue  nesta quarta-feira (24) e quinta-feira (25) e está disponível no site semanacti.es.gov.br.

O evento tem como objetivo difundir a ciência, a tecnologia e a inovação, promovendo a interação criativa entre os setores público e privado, numa parceria do Governo do Estado com instituições educacionais de Ensino Médio, Médio Técnico e Superior, da pesquisa e extensão, além de inventores independentes, criando conexões entre esses diversos atores e provendo novas soluções e iniciativas para o desenvolvimento econômico socioambiental.

Abertura oficial do evento contou com as participações da vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes, que parabenizou os participantes pelo empenho em difundir a ciência, a tecnologia e a inovação numa parceria entre o público e o privado, em busca de soluções criativas para a vida dos capixabas.

“Esse é o foco do Governo Renato Casagrande que busca, por meio do incentivo às pesquisas, a inventividade das produções entre os estudantes e a comunidade científica, em novas iniciativas para solucionar velhos problemas. E essa interação tem resultado em novas soluções para o desenvolvimento econômico e social do Espirito Santo”, disse.

Ao iniciar a transmissão ao vivo, o secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann, destacou a relevância que a ciência, a tecnologia e a inovação têm para o desenvolvimento do Espírito Santo.

“Alguns fatores demonstram claramente este olhar e atuação do governador Renato Casagrande, neste sentido, como, por exemplo, o fato de o Estado ter seguido à risca o que foi determinado pela ciência na condução da pandemia da Covid-19. Isto fez com que nós fossemos premiados nacional e internacionalmente, como uma das melhores gestões da pandemia, justamente porque as decisões na gestão capixaba da pandemia foram guiadas por critérios científicos. Outro fator é a própria criação da Sectides, porque com a fusão da Secti com a Sedes, o governador nos deu a noção clara que nosso processo de desenvolvimento econômico passa pelo trio ‘ciência, tecnologia e inovação’. Para ter um Estado próspero, para que possamos trabalhar, resolver os problemas sociais, a presença da CTI é fundamental”, ressaltou.

Na oportunidade, Hoffmann também pontuou a criação do Sistema UniversidadES do Espírito Santo, que reúne as ações de Ensino Superior, pesquisa e extensão do governo do Estado, além do lançamento da Universidade Aberta Capixaba (UnAC). “O Sistema UniversidadES se conecta completamente com a proposta da Semana CTI, porque tem como foco a oferta de cursos nas áreas STEAM (do inglês: Science – Ciências, Technology – Tecnologia, Engineering – Engenharia, Arts – Artes e Mathematics – Matemática). Essas áreas são os vetores do desenvolvimento capixaba”, frisou Hoffmann.

A programação do primeiro dia da Semana CTI contou ainda com participações de palestrantes de renome nacional e internacional, debatendo temas como os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU); indústria, inovação e infraestrutura; agricultura sustentável e diretrizes municipais e estaduais para cidades sustentáveis.

A partir da terça-feira (23), os podcasts e vídeos enviados por estudantes de todo o Estado, estão disponibilizados no site estão com votação popular aberta, sendo realizadas por categoria. Participam da votação projetos inscritos em chamadas públicas realizadas pela Secretaria de Inovação e Desenvolvimento. Os mais votados serão homenageados. Para votar, basta acessar o site https://semanacti.es.gov.br/.

O subsecretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Denio Rebello Arantes, destacou que essa 18ª edição da Semana CTI trouxe novidades, como as Chamadas Públicas para a versão on-line das mostras de projetos, antes realizadas no formato de feiras de ciências. “Tivemos dezenas de vídeos e de podcasts inscritos nas mostras de projetos, que estão todos disponíveis no site do evento e passam agora por votação popular. Outra novidade é que as instituições podem enviar vídeos de apresentações dos seus laboratórios de CTI, que ficarão disponíveis para visualização no site da Semana”, afirmou.

A participação em palestras, painéis e demais atividades da programação são abertas ao público. Os interessados podem assistir ao evento Ao Vivo. Para saber o que está acontecendo na Semana CTI basta acessar o site www.semanacti.es.gov.br.

A Semana CTI

A Semana Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação é uma iniciativa do Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento (Sectides), e conta com apoio de instituições parceiras para a difusão da ciência, tecnologia, inovação e do empreendedorismo, como motores do futuro da sociedade capixaba. A semana estadual tem como tema “A Transversalidade da Ciência, Tecnologia e Inovações para o Planeta” e está alinhada ao tema nacional, definido pelo Ministério de Ciência e Tecnologia.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade