Publicidade

Governo anuncia R$ 106 milhões para cultura em Plano de Investimentos Públicos

Com o Plano de Investimentos Públicos (PIP) do Espírito Santo, R$ 106 milhões serão destinados à área da cultura. A verba prevista inclui reformas, compras de equipamento e diversos investimentos estruturais, voltados à qualidade dos serviços públicos prestado à população na área da cultura.

Entre eles, destacam-se o restauro e a modernização do Theatro Carlos Gomes, cuja licitação para o início das obras deve ser publicada no segundo semestre deste ano. A reforma do antigo prédio do Arquivo Público para abrigar a Galeria Homero Massena, a Midiateca Capixaba, a aquisição de instrumentos musicais para a Orquestra Sinfônica do Espírito Santo (Oses) e um Programa de Integração dos Espaços Culturais Capixabas.

“Com esse investimento, vamos conseguir executar muitas políticas públicas importantes a curto, médio e longo prazos. Inclusive, vamos conseguir atender a demandas antigas da área cultural, como o suporte e a integração dos espaços culturais, dando mais acesso à cultura para cada vez mais pessoas. Esses investimentos vão além do que já fazemos, como editais e o nosso custeio de pessoal. Estamos muito animados, porque isso demonstra o quanto as políticas culturais são importantes e prioritárias no Espírito Santo”, explica o secretário de Estado da Cultura, Fabricio Noronha.

 Theatro Carlos Gomes

A elaboração do projeto de restauro e a modernização do Theatro Carlos Gomes foram pactuadas em junho de 2020, com a assinatura da Ordem de Serviço (OS) entre o Governo do Estado, por meio do Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), e a Arquistudio Arquitetura e Urbanismo, que já apresentou o projeto ao Conselho Estadual de Cultura (CEC). O projeto inclui arquitetura, iluminação, acessibilidade, cenotécnica e modernização. A próxima etapa é a licitação para contratação de uma empresa para executar as obras conforme o projeto. Após o resultado da licitação, as obras terão início. 
 
Nova Galeria Homero Massena

O projeto para reforma e restauro do antigo prédio do Arquivo Público (foto), localizado na Cidade Alta, no Centro de Vitória, já foi licitado e a próxima etapa é a contratação da empresa que fará estudos e projeto para a reforma. O prédio, que é patrimônio tombado do Espírito Santo, abrigará a sede da Galeria Homero Massena, após restauro. 

O projeto deverá prever a reforma e o restauro, ampliação da acessibilidade, estudos de estrutura e adaptação da arquitetura do espaço para comportar café, biblioteca e o espaço expositivo, além de projetar as necessidades hidráulicas, elétricas e de sonorização. Ocupando o espaço, a Galeria Homero Massena ganhará espaço climatizado para acervo, biblioteca, um café e um quintal. A reforma e o restauro são uma parceria entre a Secretaria da Cultura (Secult) e o DER-ES.

Midiateca

A Midiateca Capixaba é uma plataforma on-line que vai reunir um complexo e diverso acervo de documentos, fotografias, vídeos, matérias de jornal, músicas, artes gráficas, livros, obras de arte e filmes produzidos no Espírito Santo. A plataforma on-line tem previsão de entrar no ar no mês de dezembro, em formato piloto.

A expectativa é que, ainda em dezembro deste ano, os primeiros materiais já estejam disponíveis na plataforma-piloto da Midiateca Capixaba, começando pelas coleções que estão sob a guarda da Secult. Entre eles, os cartazes que compõem o vasto acervo do antigo Departamento Estadual de Cultura (DEC).

O projeto inclui a compra de equipamentos, contratação de serviços de catalogação e digitalização, bem como a contratação de bolsistas de diferentes áreas para desenvolvimento de pesquisas nas áreas da cultura, em busca de conectar os acervos existentes a partir de diferentes instituições. Também será possível a criação de um login, em que cada usuário terá sua conta dentro da plataforma, podendo marcar peças como favoritas e criar galerias.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade