Governador assina Ordem de Serviço para construção de quadra poliesportiva

O governador do Estado, Renato Casagrande, assinou, na manhã de ontem, quarta-feira (28), a Ordem de Serviço para a construção de uma quadra poliesportiva na sede da Companhia Independente de Missões Especiais (Cimesp), antigo Batalhão de Missões Especiais (BME), localizada no bairro Jardim América, em Cariacica. Serão investidos R$ 1.782.521,90 na obra que será executada pelo Departamento de Edificações e de Rodovias (DER-ES) e tem prazo de conclusão de cinco meses.

Durante a solenidade, o governador cumprimentou todos os profissionais por ocasião do Dia do Servidor Público, celebrado neste dia 28 de outubro, e comentou sobre a atuação da unidade. “Estamos enfrentando um ano muito difícil e que mostra a importância do serviço público na vida das pessoas. A gente não conquista nada sem diálogo. Na Cimesp, que ainda era BME em 2013, as conquistas mais importantes foram através do diálogo e do equilíbrio. Hoje estamos dando Ordem de Serviço para essa quadra e na próxima semana vamos assinar o contrato da reforma desse prédio”, antecipou.

O novo espaço terá uma área de 695 metros quadrados e incluirá arquibancada. A quadra será destinada às práticas de futebol de salão, basquete e vôlei, e contará com cobertura em telha termoacústica, que tem como função também o isolamento de temperatura e som.

“A estrutura da Companhia Independente de Missões Especiais vai ficar muito adequada e caminhando para ser novamente o BME. Estamos contratando policiais da reserva para que possamos ter um efetivo maior e daqui uns dias a gente vai conseguir recuperar o que foi o BME. A Cimesp já trabalha muito bem, mas queremos que aqui volte a ser um Batalhão para que possamos fortalecer o efetivo e esse trabalho. O BME tem grande atuação no enfrentamento à criminalidade e na manutenção da ordem no Espírito Santo”, afirmou o governador.

Casagrande também sublinhou a importância de uma integração cada vez maior das forças de segurança na obtenção de melhores resultados na área. “Quero destacar o trabalho das nossas forças policiais integrado com as guardas municipais e com as Polícias Federal e Rodoviária Federal. Temos tido operações com muitos resultados, como a apreensão de drogas e de armas pesadas. Precisávamos de um trabalho mais forte do Governo Federal no que tange a entrada de armas e munições no Estado, mas nós não podemos ficar parados. Criamos a Desarme para identificar e inibir a entrada de armas e munições”, lembrou.

O governador reforçou ainda a necessidade da continuidade de políticas públicas. “Pegamos a área da segurança destruída em 2011. Criamos o Programa Estado Presente e fomos reduzindo a criminalidade ano a ano. Fizemos a recomposição dos efetivos da Polícia Militar, da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros praticamente completo, além de investirmos em equipamentos e tecnologia. Em 2019, de novo, assumi o Governo com a área da segurança destruída. Vamos entregá-la novamente reestruturada, reequipada, com aumento de efetivo, investimentos em equipamentos e viaturas e com os policiais motivados. Temos que nos organizar para não ter descontinuidade em áreas fundamentais”, pontuou.

O chefe de Estado Maior da Polícia Militar do Espírito Santo, coronel Ronaldo Mutz, falou mais sobre essa valorização da tropa. “É sempre um prazer quando temos a recepção da nossa maior autoridade para receber continência de tropa. Ver o governador em nossas unidades é muito gratificante, ainda mais coroado com a entrega de obras e valorização de nossa tropa. Além dessas entregas, temos hoje publicada a promoção de 305 soldados a cabo que, por iniciativa do governador, resolveu por antecipar essa promoção e demonstrar a valorização que vem sendo prática comum no seu governo, em prol da sociedade. Cumpre a nós o empenho abnegado na melhoria da prestação de nossos serviços. É importante que todos tenhamos esse compromisso”, disse.

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, que já comandou o BME, também abordou os investimentos na Polícia Militar. “Quando é feito o relato histórico da Cimesp sou tomado por forte emoção porque minha carreira foi trilhada no Choque. É sempre uma honra estar de frente a essa tropa. O Governo Renato Casagrande tem feito investimentos grandes na Segurança Pública. Além de toda a verba destinada para viaturas, obras, armamentos, o governador acompanha pessoalmente a Segurança Pública e chefia o programa Estado Presente”, lembrou.

Coronel Ramalho prosseguiu: “Estão previstos mais de R$ 400 milhões em investimentos durante o governo. Estamos tendo que reconstruir todo o passo a passo. Em sua primeira gestão, o governador Casagrande tornou o BME em uma das melhores unidades especializadas do Brasil. Hoje estamos realizando uma promoção de soldados a cabo que não estava prevista. Tivemos formação de sargentos durante uma pandemia. O governador pessoalmente pediu que tivéssemos. Em qualquer outro Estado do País o adiamento seria algo a ser aceito.”

Para o secretário, são várias ações voltadas à melhoria das condições de trabalho dos policiais, que serão revertidas em uma prestação dos serviços ainda abrangente. “Tenho 32 anos de polícia e vejo a profunda preocupação do governador com a segurança da população, investindo nas instituições e melhorando a qualidade de vida do agente. São várias ações, como a anistia, abertura de diálogo, valorização salarial, investimentos e ainda temos agora a autorização de convocação de policiais militares da reserva para incorporação ao efetivo da Cimesp para posterior retomada do BME. Não estou aqui jogando confete, mas apenas relatando tudo que estou vivenciando diariamente”, sublinhou Ramalho.

Obras em execução

O Governo do Estado, por meio do DER-ES, está executando um conjunto de obras de construção de quadras poliesportivas e espaços esportivos em escolas da Rede Estadual. Neste primeiro momento, estão sendo contempladas as escolas Professor Claudionor Ribeiro (Cachoeiro de Itapemirim), Job Pimentel (Mantenópolis), Francelina Carneiro Setubal e Mario Gurgel (Vila Velha).

Com um tamanho menor, os espaços esportivos têm uma área de 363 metros quadrados e também contam com cobertura em telha termoacústica. Neste primeiro momento, estão sendo contempladas as escolas Irineu Morello (Governador Lindenberg), Floresta do Sul (Pedro Canário) e Dermeval Leite Ribeiro (Água Doce do Norte). O investimento total nas quadras e espaços esportivos em execução é de R$ 8,8 milhões.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*