Gestores da área de controle interno de todo o País debatem ações em encontro no Estado

Gestores da área de controle interno das esferas federal, estadual e municipal de todo o País participam, nesta quinta-feira (12) e sexta-feira (13), da 34ª Reunião Técnica do Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci), em Vitória. Esta é a segunda vez que o colegiado se reúne no Espírito Santo. A primeira foi em 2013. O encontro acontece no Hotel Comfort Suites, na Praia do Canto, em Vitória, e é uma realização do Conaci e da Secretaria de Controle e Transparência (Secont).

A programação começou com a apresentação “Relacionamento Controle Externo x Controle Interno: Limites de Atuação e Desafios”, com o secretário federal de Controle Interno (CGU), Antonio Carlos Bezerra Leonel. Em seguida, o consultor da ONG Transparência Internacional Brasil, Guilherme France, falou sobre os objetivos e resultados do Programa Integridade nos Estados Brasileiros.

Em paralelo à reunião plenária, uma câmara técnica foi formada para debater os aspectos práticos e os desafios na aplicação da Lei Anticorrupção. A coordenação da Câmara está a cargo da Secont, com a presença do subsecretário de Integridade Governamental e Empresarial, Marcelo Altoé. O secretário de Estado de Controle e Transparência, Edmar
Camata, ressalta que o Espírito Santo é o Estado mais efetivo na aplicação da Lei Anticorrupção. “A Câmara Técnica vai propor mecanismos para uniformizar a aplicação da lei
em todo o País”, explicou Camata.

Também participam da Câmara Técnica representantes das controladorias dos municípios de Belo Horizonte e Porto Velho; dos estados de Pernambuco, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Santa Catarina, Minas Gerais, Paraíba e Paraná; e da Petrobras. O evento continua até sexta-feira (13) e contará com apresentações de representantes de estados membros sobre boas práticas nas áreas de controle interno, combate à corrupção e fortalecimento da transparência.

Objetivos
O Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci) reúne membros de órgãos de controle de todo País com o objetivo de promover o intercâmbio de conhecimento e práticas. A proposta do colegiado é possibilitar o trabalho conjunto para a formulação, implementação e avaliação de políticas nacionais de controle e gestão.

Além de trocar experiências, o Conaci promove a integração entre os órgãos responsáveis pelo controle dos gastos públicos. Faz parte de sua atuação a coordenação e articulação das ações de interesse destes órgãos e o desenvolvimento de programas e projetos voltados à construção de mecanismos de controle que possibilitem ao país avançar econômica e socialmente, aproximando o poder público dos cidadãos.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*