Feira Livre da Agricultura Familiar na Ilha da Luz seguirá suspensa

A Secretaria Municipal de Agricultura e Interior (Semai) de Cachoeiro manterá suspensa, por tempo indeterminado, a Feira Livre da Agricultura Familiar da Ilha da Luz, conhecida como “Feira do Servidor”.

Depois de semanas suspensa, em razão da pandemia de covid-19, a feira chegou a ser realizada na última quarta (6), em caráter experimental, a pedido dos produtores participantes e servidores municipais, para que fosse avaliada a possibilidade de retomada das atividades. Na ocasião, foi testado um horário diferenciado e estendido (das 9h às 14h).

“Propusemos cinco horas de duração para possibilitar uma pulverização do público, visando evitar aglomerações. Entretanto, ainda assim, houve uma procura muito grande pelos produtos na primeira hora da feira. Diante disso, apesar do esforço neste sentido, verificamos ser muito difícil garantir a observância de todas as medidas preventivas recomendadas pelos órgãos sanitários, como o distanciamento mínimo entre as pessoas, e decidimos por manter a suspensão, pensando na saúde dos produtores, dos servidores municipais e da população em geral”, explica o secretário de Agricultura e Interior, Robertson Valladão.

A Semai orienta os servidores da Prefeitura de Cachoeiro a guardarem os tíquetes-feira do período de suspensão da feira da Ilha da Luz, para que possam utilizá-los, futuramente, na retomada das atividades.

Outras feiras funcionam com medidas preventivas

Por terem um público muito menor, as outras três Feiras Livres de Cachoeiro estão liberadas para funcionar, seguindo medidas preventivas previstas em decreto municipal. São elas: a do bairro Independência, realizada às quartas, das 6h às 10h; a do distrito de Itaoca, também às quartas, às 17h, e a do bairro Nova Brasília, aos sábados, das 6h às 10h.

Para o funcionamento dessas feiras, os feirantes precisam manter as barracas a uma distância mínima de 1,5 metro umas das outras, atender os clientes em fila com até duas pessoas, por barraca, e usar máscara e álcool em gel. Além disso, produtores com mais de 60 anos, sintomas de gripe ou doença crônica não podem participar. O cumprimento das regras é acompanhado pela Semai.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*